TJ-SC nega habeas corpus a motorista acusado de matar duas mulheres em Florianópolis - Cidades - O Sol Diário
 
 

SC-40120/06/2017 | 19h16Atualizada em 20/06/2017 | 19h16

TJ-SC nega habeas corpus a motorista acusado de matar duas mulheres em Florianópolis

Denúncia do MP afirma que jovem estava embriagado na hora da batida

TJ-SC nega habeas corpus a motorista acusado de matar duas mulheres em Florianópolis Naim Campos/Agência RBS
Uno usado por jovem que atropelou mulheres em moto   Foto: Naim Campos / Agência RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Um julgamento do Tribunal de Justiça de Santa Catarina determinou a manutenção da prisão preventiva do universitário Pietro Gusen, 25 anos, réu pelas mortes de duas mulheres em uma colisão na SC-401, em Florianópolis. O acidente aconteceu no último dia 6 de maio. Ele responde por duplo homicídio qualificado e, se condenado, pode pegar de 12 a 30 anos por cada uma das mortes, além da pena por embriaguez ao volante, de seis meses a três anos de prisão. 

Na sessão realizada nesta terça-feira, a 3ª Câmara Criminal do TJ-SC negou o pedido de habeas corpus em razão da manutenção da ordem pública, aliada ao perigo concreto representado pelo crime. Para o desembargador Ernani Guetten de Almeida, relator designado para o acórdão, "o crime é muito grave e se equipara a tantos outros que atentam contra a vida humana, ainda que muitos o relativem por suas próprias características". 

No acidente morreram Rosymere Maria Martiolli Rodrigues e Solange Dutra Pereira. Ambas estavam em uma moto. Elas seguiam para o trabalho, quando nas proximidades do Cemitério Jardim da Paz, no bairro Monte Verde, foram atingidas na traseira pelo Uno conduzido por Pietro. Ele parou no local e prestou socorro, segundo a denúncia do MP. O teste do bafômetro acusou 0,68 miligramas de álcool por litro de ar expelido. 

O MP afirma na denúncia que o acusado estava em uma festa em Jurerê Internacional momentos antes do acidente. Um dos policiais que atendeu a ocorrência relatou a condição de Pietro quando a viatura da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) chegou ao local: "aparentava estar embriagado, com odor etílico, olhos vermelhos". 

Leia também:

Motorista que atropelou duas mulheres na SC-401 vira réu

Duas pessoas morrem em acidente de trânsito na SC-401 neste sábado

MP deve apresentar denúncia contra motorista envolvido em acidente

O Sol Diário
Busca