Vacinação contra a gripe continua enquanto durarem os estoques em SC - Cidades - O Sol Diário

Saúde09/06/2017 | 18h50Atualizada em 09/06/2017 | 18h50

Vacinação contra a gripe continua enquanto durarem os estoques em SC

Estado soma 16 mortes e 127 casos graves pelo vírus influenza A

Vacinação contra a gripe continua enquanto durarem os estoques em SC Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Mesmo com o fim da Campanha Nacional nesta sexta-feira, 9 de junho, a vacinação contra a gripe continua em Santa Catarina, enquanto durarem os estoques. A imunização está disponível para toda a população, não apenas para os grupos prioritários. Porém vale checar a disponibilidade de doses nas unidades de saúde, pois muitas já estão com os estoques zerados. 

O diretor da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC), Eduardo Macário, reforça que é fundamental, com a chegada do frio, as pessoas buscarem o tratamento assim que apareçam os primeiros sintomas de gripe, como tosse, dor de cabeça e falta de ar:

— O que se tem visto é que boa parte dos casos que são hospitalizados  e inclusive que vão a óbito por influenza tem havido uma demora muito grande para início do tratamento, quatro dias, sendo que o recomendável é 48 horas.  

No total, 16 catarinenses já morreram em função de complicações causadas pela gripe A, subtipo H3N2. O vírus influenza A também já causou 127 hospitalizações no Estado, sendo uma pelo H1N1. O vírus B foi responsável por 10 internações. 

No último levantamento da Dive-SC,na quinta-feira, SC aparecia com 86,25% de taxa de cobertura da vacina contra a gripe entre os grupos prioritários. 

Prevenção contra a gripe é essencial

A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). Além da vacinação, é importante adotar cuidados simples como medida de prevenção, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.

É importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe devem procurar o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração. 

Leia também:

Santa Catarina contabiliza 16 mortes por gripe A neste ano

Vacinação contra a gripe será liberada para toda a população a partir de segunda-feira  

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada em SC

SC soma 11 mortes e 88 casos graves de gripe A neste ano  

Itajaí tem baixa vacinação contra a gripe A entre grupos de risco

Blumenau alcança 76% da meta de vacinação contra a gripe

Mais de 115 mil catarinenses se vacinam no Dia D contra a gripe


O Sol Diário
Busca