Cai o índice de valorização dos imóveis no litoral de Santa Catarina - Cidades - O Sol Diário
 
 

Economia31/07/2017 | 09h37Atualizada em 31/07/2017 | 16h24

Cai o índice de valorização dos imóveis no litoral de Santa Catarina

Ganho real para os vendedores, no entanto, aumentou este ano

Foto: Lucas Correia / Agencia RBS

Um levantamento feito pelo Sindicato da Habitação (Secovi) mostra que os imóveis de Balneário Camboriú, Itapema e Itajaí tiveram valorização no primeiro semestre. Porém, o índice é menos da metade do que foi registrado no ano passado. Itajaí teve o melhor resultado, com valorização de 2,4% nos preços.

Em Balneário Camboriú, o índice ficou em 1,5%. E em Itapema, o semestre fechou com valorização de 2,1%.

O ganho real para os vendedores, no entanto, está melhor este ano do que no primeiro semestre de 2016. Resultado do volume da inflação, que garantiu um retorno positivo. Em Balneário, por exemplo, o ganho real no ano passado, durante este período, foi de -0,4%, embora os imóveis tenham valorizado 4%. Desta vez, mesmo com a valorização menor, o ganho real passou para 0,32%.

Mais uma vez, o melhor retorno foi para Itajaí: ganho real de 1,22%, contra 0,1% no primeiro semestre de 2016. Itapema, entre as três cidades, foi a única que teve uma pequena redução no ganho real. Passou de 1,1% - o melhor índice no ano passado - para 0,92% para quem vendeu imóveis de janeiro a junho.

Os números trazem um panorama positivo para a região, já que a valorização dos imóveis se manteve positiva apesar da retração econômica. E são um bom indicativo para o segundo semestre, quando a expectativa é de recuperação no mercado.

O Sol Diário
Busca