Políticos do PSDB catarinense falam sobre desembarque do governo Temer  - Cidades - O Sol Diário

Política10/07/2017 | 14h02Atualizada em 10/07/2017 | 15h59

Políticos do PSDB catarinense falam sobre desembarque do governo Temer 

Tucanos devem se reunir em SP para definir o futuro do partido ao lado do PMDB

Diário Catarinense
Diário Catarinense

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) se reúne mais uma vez nesta segunda-feira para avaliar a permanência ou não no governo do presidente Michel Temer. Pela manhã, o DC ouviu dois dos principais representantes do partido em Santa Catarina, o senador Dalírio Beber e o deputado federal Marco Tebaldi, que se mostraram neutros em relação ao futuro do partido ao lado do PMDB.

Leia mais:
Tucanos se reúnem em SP para definir desembarque do governo Temer

A expectativa de Beber é de que os líderes tucanos possam trazer a solução após a reunião desta tarde. Segundo o senador, a decisão dos dirigentes deve ser seguida pelos demais. No entanto, a atual participação no governo, que hoje comanda quatro ministérios, deve pesar na decisão.

— Nós não estamos no governo do Temer por causa do Temer, mas sim pelo Brasil. Agora, temos que analisar cada ponto, mas nós não podemos nos descuidar e olhar as reformas sob a ótica da eleição. Então, se houver o comprometimento de sair do governo, não vejo problema. Mas, por outro lado, abrindo a mão dos quatro cargos, não importando quem assuma, a gente continua com o nosso compromisso — disse. 

Já Tebaldi afirmou que deve seguir a orientação do partido. Além de não se posicionar se votará ou não pela continuidade do processo de impeachment, caso a denúncia chegue na Câmara, o deputado se disse neutro sobre a possível decisão de deixar a base de Temer.  

— Eu defendo a unidade. Eu falei para o nosso líder (Bauer) que eu me adapto à decisão do partido. Só não dá para irmos rachados. A gente tem que decidir o que é melhor para o PSDB. Os líderes do partido podem trazer uma proposta e a minha ideia é de que temos que ir unidos — disse. 

*O líder da bancada do PSDB no senado, Paulo Bauer, e a deputada Geovânia de Sá não foram localizados pela reportagem na manhã desta segunda-feira. 

Leia também:

Doria diz que presidente do PSDB não pode decidir "individualmente" se o partido apoia Maia

Desembarque é a posição "mais clara", diz presidente interino do PSDB



 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioChapecoense vence o Vitória fora de casa por 2 a 1  https://t.co/PrevzUCUkxhá 58 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPalestrantes com renome mundial passam por Blumenau durante evento de negócios https://t.co/6Skt65IkCShá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros