Saiba por que a previsão de acúmulo de neve não se confirmou - Cidades - O Sol Diário

Frio em SC18/07/2017 | 20h32Atualizada em 18/07/2017 | 20h32

Saiba por que a previsão de acúmulo de neve não se confirmou

Fenômeno foi bem abaixo da intensidade esperada e foi visto em sete cidades catarinenses

Saiba por que a previsão de acúmulo de neve não se confirmou Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

A expectativa foi alta, pousadas e hotéis na Serra lotaram, foram emitidos alertas, mas a neve não apareceu na intensidade esperada. A atração principal deu as caras, mas de forma tímida e granular, em sete cidades na noite de segunda-feira: Irani, Água Doce, Calmon e Fraiburgo, no Meio-Oeste de SC, Urupema e São Joaquim, na Serra, e Rancho Queimado, na Grande Florianópolis.

A previsão que incluía acúmulo de neve, principalmente na Serra, era justificada, segundo os meteorologistas, pela massa polar intensa, logo após a saída de frente fria, que deixaria as áreas mais altas de SC com a umidade necessária para a ocorrência do fenômeno. Mas na segunda-feira, turistas e moradores que esperavam desde o início da tarde, conseguiram ver, na maioria dos casos, chuva congelada ou uma neve rápida e fraca. 

O meteorologista Leandro Puchalski explica que houve condições para o fenômeno, mas acredita que um detalhe tenha impactado na intensidade, porém acrescenta que para cravar essa causa seria necessário ter instalado um balão meteorológico. Ele explica que para o floco chegar à superfície é necessário que todas as camadas da atmosfera estejam com temperaturas muito baixas, inclusive negativas, para conservar esse floco.

— O que aconteceu para que a gente tivesse uma neve tão fraca é que uma camada da atmosfera provavelmente tinha um ar mais quente. Então o floco de neve passa nesta área e acaba derretendo, depois passa por uma camada muito fria e volta a congelar. Então chega à superfície como uma pequena pedrinha, que é a chuva congelada.

Para o especialista, se não tivesse essa camada de ar quente, catarinenses teriam visto mais neve, inclusive acumulada em alguns pontos.

— Previsão de neve precisa de um encaixe muito perfeito de umidade com frio muito forte e tem que ter conhecimento técnico e da região. A previsão de neve com maior qualidade é com 24 horas de antecedência, antes disso sempre deve desconfiar. 

No entanto, o meteorologista do Epagri/Ciram, órgão estadual de monitoramento do clima, Marcelo Martins, apresenta outra possível causa, embora garanta que uma não exclua a outra. Ele explica que frente fria, que chegou forte na Argentina, perdeu intensidade ao chegar em Santa Catarina. Assim, nos níveis mais altos da atmosfera estava seco, já nos mais baixos, perto da superfície, estava úmido. Para nevar mais, precisaria mais umidade em altitude. 

O presidente da Associação Catarinense de Meteorologia Mário Quadro confirma que havia todos os padrões para ter a neve e que ela não veio na intensidade esperada, porém defende que houve exagero. 

— Falou-se em acumular 30 centímetros, que é praticamente uma nevasca, e isso já é um exagero. Tem muita especulação, cria uma expectativa e as pessoas acabam se decepcionando. É importante acompanhar as informações dos órgãos oficiais. 

Quadro, que também é professor do curso técnico de Meteorologia do Instituto Federal de Santa Catarina, diz que há ferramentas para prever a neve com pelo menos 48 horas de antecedência , o grande problema é prever a intensidade. 

Leia também:

Previsão é de geada generalizada em Santa Catarina nesta quarta

Sete cidades catarinenses tiveram registro de neve na segunda-feira

Pelo menos 55 cidades catarinenses registram mínima abaixo de 0°C

Com -7,4ºC, Bom Jardim da Serra marca a menor temperatura do Brasil

Não há mais chance de neve nesta semana em Santa Catarina

Vídeo: neve é registrada em Irani, no Meio-Oeste de SC

Vídeo: chuva congelada é registrada no Centro de São Joaquim

Previsão é de geada em todas as regiões de SC na quarta-feira 

SC registra chuva congelada e neve nesta segunda-feira

Com -7,4ºC, Bom Jardim da Serra registra menor temperatura do Brasil em 2017

Vai pegar a estrada para a Serra de SC? Veja essas dicas para viajar com segurança


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioTitulares no início do Brasileirão, Judson e Luan voltam a formar dupla no meio do Avaí https://t.co/6dWrS68QLNhá 35 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioGinasta blumenauense vai se dedicar ao circo https://t.co/M4FqxM7GAJhá 35 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros