Adolescente que agrediu professora em Indaial vai se apresentar à Justiça em audiência nesta terça-feira - Cidades - O Sol Diário

Violência na escola28/08/2017 | 10h55Atualizada em 28/08/2017 | 16h00

Adolescente que agrediu professora em Indaial vai se apresentar à Justiça em audiência nesta terça-feira

Advogado diz que eles não receberam comunicação para internação provisória

Adolescente que agrediu professora em Indaial vai se apresentar à Justiça em audiência nesta terça-feira Betina Humeres/Diário Catarinense
Advogado Diego Valgas afirma que adolescente vai se apresentar à Justiça nesta terça-feira Foto: Betina Humeres / Diário Catarinense

O advogado de defesa do adolescente de Indaial que agrediu a professora de Língua Portuguesa Marcia Friggi na semana passada informou que ele vai se apresentar à Justiça nesta terça-feira, data para a qual está marcada a primeira audiência do procedimento judicial que apura o caso.

::: Família de jovem que agrediu professora mudou de estado para romper ciclo de violência no lar
::: "Quero mostrar para as pessoas que eu não sou um monstro", diz jovem que agrediu professora em Indaial
::: Professora desabafa: "foi um gesto de coragem eu ter colocado a cara ali"

Diego Valgas afirma que nem ele e nem o rapaz receberam qualquer comunicação para a internação provisória, pedido feito pelo Ministério Público e aceito pela Justiça na sexta-feira. O defensor explica que o jovem está na casa de parentes no interior desde que começou a receber ameaças:

— Ele está com medo e por isso não está na casa dele, mas na casa desses amigos e parentes, para se proteger.

::: Educadores dizem que violência na escola é comum, mas Estado não tem registros
::: 
Secretaria de educação prevê implantação de sistema de registros de ocorrências online 
::: 
O que gera a onda de comentários de ódio nas redes sociais?

O advogado diz que assim que for comunicado da decisão o adolescente vai se apresentar e, caso isso não ocorra até amanhã, ele vai se apresentar na audiência. Valgas também informou que assim que receber a notificação para a internação provisória do jovem vai entrar com um pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça de Santa Catarina.   


O Sol Diário
Busca