Creche é fechada em São José após contaminação por sarna  - Cidades - O Sol Diário

SAÚDE E EDUCAÇÃO30/08/2017 | 18h53Atualizada em 30/08/2017 | 20h18

Creche é fechada em São José após contaminação por sarna 

CEI Eloí Nietsche tem 12 crianças e duas professoras com a doença

Creche é fechada em São José após contaminação por sarna  Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

O Centro de Educação Infantil Professora Eloí Nietsche, no bairro Morar Bem, em São José, está de portas fechadas desde a manhã desta quarta-feira devido a um surto de sarna (escabiose). Segundo a Secretaria de Educação do Município, 12 crianças e duas professoras estão com a doença. No ano passado, a creche, que possui 126 alunos, também precisou fechar pelo mesmo motivo. 

O Morar Bem é um dos bairros de maior vulnerabilidade de São José, no limite com Biguaçu. Segundo o presidente da associação demoradores, Marcos Nascimento, 50 anos, a maioria dos pais trabalha com reciclagem e faxina. Ele tem um enteado de 4 anos que estuda na creche. E conta que a decisão foi tomada após reunião com os pais, mesmo que grande parte tenha discordado. O morador reconhece que existem muitos cachorros e cavalos soltos no bairro, mas reclama da manutenção do prédio.

— Ali tem muita falta de higiene, ratos, baratas, porque ao lado da creche passa um rio e atrás é tudo mato. Só que já poderiam ter tomado providências antes de fechar.

No entanto, conforme a prefeitura de São José, não existem problemas de limpeza no Centro de Educação Infantil. Conforme o município, os serviços gerais são padrão para toda a rede municipal.

As crianças detectadas com sarna foram identificadas pelo médico da saúde da família do Município. Por isso, pelos próximos três dias, a creche ficará fechada. Nesse período, estará passando por assepsia. A prefeitura entende que trata-se de um problema de saúde pública pelo qual o bairro passa.

Em 2015, outra creche de São José passou pelo mesmo problema. O Centro Infantil Municipal Ana Sperandio Battisti, no bairro Campinas, foi interditado por um surto de sarna. O local ficou fechado por 15 dias.

Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Causa e tratamento

Sarna ou escabiose é uma parasitose humana causada por um ácaro. O contágio se dá somente entre humanos, por contato direto com pessoa ou roupas e outros objetos contaminados. O contato deve ser prolongado para que ocorra a contaminação. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, animais como gato e cachorro não transmitem a doença.

O principal sintoma da é coceira, sentida principalmente à noite. As lesões na pele são túneis e pequenas vesículas, principalmente entre os dedos das mãos, axilas, mamilos e genitais. O tratamento consiste em medicamentos tópicos na pele, pelos e cabelo ou via oral.

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioInvestidores do Figueirense vão processar Alex Bourgeois, ex-CEO https://t.co/KAk2xyisS6há 18 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioFigueirense acerta a renovação de Zé Antônio, Jorge Henrique, João Paulo e André Luís https://t.co/QBWk3rh6tEhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca