Usuários do transporte coletivo em busca de ressarcimento aumentam procura pelo Procon em Itajaí - Cidades - O Sol Diário

Cidades27/08/2017 | 17h44Atualizada em 27/08/2017 | 17h44

Usuários do transporte coletivo em busca de ressarcimento aumentam procura pelo Procon em Itajaí

Justiça determinou que Coletivo Itajaí pague o dinheiro retido em 15 dias

A procura pelo Procon em Itajaí aumentou 30% desde que a Coletivo Itajaí deixou de responder pelas linhas de ônibus na cidade, há um mês. O aumento se deve à quantidade de usuários do serviço de transporte coletivo que passaram a procurar o órgão de defesa do consumidor _ a reclamação recorrente é de que o valor que a empresa informa estar retido no cartão SIM não corresponde à realidade.

Justiça determina ressarcimento em até 15 dias

Os usuários dizem que a Coletivo Itajaí tem apresentado valores menores do que eles acreditam tem em créditos. Raphael Fonseca, diretor do órgão, afirma que até agora a empresa ainda não respondeu sobre os valores devidos e o prazo de pagamento _ o que deve se resolver com a decisão judicial que determinou a entrega do relatório de cada um dos cartões, em cinco dias.

O Procon deverá cruzar os dados obtidos pela Justiça com os que a empresa tem informado aos usuários para estabelecer se houve algum equívoco. A juíza Sônia Moroso Terres, da Vara da Fazenda de Itajaí, determinou que a empresa devolva o que é devido em 15 dias. Caso não tenha dinheiro em caixa para cobrir a despesa, veículos e imóveis podem ser retidos para ajudar a pagar a conta.

Pelos cálculos da prefeitura de Itajaí, a empresa tem cerca de R$ 1 milhão a devolver.

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioInvestidores do Figueirense vão processar Alex Bourgeois, ex-CEO https://t.co/KAk2xyisS6há 36 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioFigueirense acerta a renovação de Zé Antônio, Jorge Henrique, João Paulo e André Luís https://t.co/QBWk3rh6tEhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca