Servidores de Itajaí que acompanharam votação do IPTU em horário de trabalho podem responder na Justiça - Cidades - O Sol Diário

Política29/09/2017 | 11h51Atualizada em 29/09/2017 | 11h51

Servidores de Itajaí que acompanharam votação do IPTU em horário de trabalho podem responder na Justiça

Comissionados foram filmados e fotografados em sessão

O vereador Fernando Pegorini (PP) apresentou um requerimento à presidência da Câmara de Vereadores de Itajaí para ter acesso à lista de presença e às imagens das câmeras internas do Legislativo nas duas últimas sessões. A intenção é identificar servidores comissionados que estiveram no plenário nas discussões do reajuste de IPTU em horário de trabalho. Caso seja comprovada irregularidade, os servidores e seus superiores poderão responder por improbidade administrativa.

Na quinta-feira, antes da sessão, o vereador Rubens Angioletti (PSB) procurou o Ministério Público para informar sobre as suspeitas de ilegalidade. Na terça, quando foi discutido o pedido de urgência na votação, os comissionados ocuparam grande parte das cadeiras no plenário e muitos cidadãos ficaram no lado de fora. 

Vereadores aprovam lei que aumenta IPTU em até 150% em Itajaí

A situação se repetiu na quinta, e acabou resultando em confusão na fila de espera. A  Polícia Militar chegou a intervir para evitar que cidadãos impedidos de entrar furassem o bloqueio. No lado de dentro, assessores da oposição fotografaram e filmaram servidores, com o cuidado de registrar o horário em que eles compareceram à Câmara. Mais de uma vez, vereadores de oposição alertaram que as imagens estavam sendo registradas e seriam levadas ao MPSC.

Além dos registros do próprio Legislativo, o vereador Pegorini também vai requerer à prefeitura o registro de ponto dos servidores na terça e na quinta-feira. Em nota, a prefeitura de Itajaí afirma que não houve orientação aos servidores para que comparecessem à Câmara:

"O Município de Itajaí esclarece que não liberou nenhum servidor, de qualquer vínculo empregatício, de suas atividades trabalhistas. Todos os colaboradores devem cumprir suas jornadas regulares e eventuais ausências, quando ocorrerem, devem ser justificadas com a chefia imediata do setor. Em caso de descumprimento do protocolo, o Município de Itajaí adota medidas administrativas previstas em Lei".




Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioFigueirense faz promoção de ingresso para despedida da temporada https://t.co/dBc8O6rWl7há 3 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioFigueirense faz promoção de ingresso para despedida da Série B https://t.co/o6LhPdZ4FJhá 3 horas Retweet
O Sol Diário
Busca