Itajaí faz o primeiro censo LGBT do Estado - Cidades - O Sol Diário

Cidadania30/11/2017 | 21h30Atualizada em 30/11/2017 | 21h30

Itajaí faz o primeiro censo LGBT do Estado

Ideia é alinhar políticas públicas às necessidades da comunidade LGBT

Itajaí é a primeira cidade no Estado a fazer um censo para conhecer melhor a população LGBT, e estabelecer políticas públicas específicas. O questionário, desenvolvido pela equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), inclui perguntas sobre faixa de renda, saúde, casos de discriminação e de violência familiar, física, psicológica ou sexual.

As questões se basearam em materiais divulgados pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos. Danielle Sobreira, coordenadora do Creas, diz que a ideia do censo partiu da observação dos assistentes sociais de que casos de violência, por exemplo, não chegam ao órgão _ ou por desconhecimento das vítimas sobre as ações assistenciais, ou por equívocos no direcionamento dentro dos órgãos municipais.

Com os dados em mãos, será possível reconhecer quais são os principais problemas que a comunidade LGBT enfrenta em Itajaí, e direcionar o trabalho a questões como conscientização de respeito às diferenças, combate à violência ou restituição do vínculo familiar, por exemplo.

O questionário é aplicado online, na página da prefeitura de Itajaí, e não é preciso identificar-se. O prazo para obtenção dos dados é de seis meses, mas a intenção do Creas é emitir um resultado parcial já nos primeiros três meses do levantamento.

Alexandre Bogas, membro do Conselho Estadual de Direitos Humanos diretor do grupo Acontece - Arte e Política LGBT, que atua em todo o Estado, diz que a iniciativa da prefeitura de Itajaí é interessante, e chamou atenção para o fato de ter partido do poder público _ o que deve garantir a execução das políticas públicas necessárias.

_ Temos um conselho municipal LGBT em Florianópolis, mas temos dificuldade em avançar com as políticas públicas _ comenta.

Acompanhe as publicações da colunista Dagmara Spautz:

Negócio bilionário transfere ações do Porto de Itapoá à Maersk

Show de fogos de Balneário Camboriú vai custar R$ 1 milhão

Instituto Federal Catarinense é o terceiro melhor do país

Prédios dos Correios pode virar museu de arte em Itajaí

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCatarinenses conhecem adversários na estreia da Copa do Brasil; Figueirense terá viagem mais longa https://t.co/I1lBJJZr7Ihá 9 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPorto Belo desiste de projeto de adutora na praia https://t.co/ljiSWTdCbvhá 10 horas Retweet
O Sol Diário
Busca