Nacionalizar navios trará o dobro de escalas de cruzeiros a Santa Catarina - Cidades - O Sol Diário

Economia22/11/2017 | 09h36Atualizada em 22/11/2017 | 09h36

 Nacionalizar navios trará o dobro de escalas de cruzeiros a Santa Catarina

Processos como o de Porto Belo tramitam há cinco temporadas

 Nacionalizar navios trará o dobro de escalas de cruzeiros a Santa Catarina Luiz Carlos de Souza / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Foto: Luiz Carlos de Souza / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

O alfandegamento, procedimento de nacionalização que permite a parada de navios de cruzeiro que vêm do exterior, é o principal desafio dos terminais catarinenses para a próxima temporada. Neste verão Itajaí será a única cidade a receber navios internacionais, mas com limitações de tamanho que impedem a atracação dos grandes transatlânticos. A estimativa é que a regularização dos terminais poderia render a Santa Catarina mais 42 escalas _ o que dobraria o número de paradas.

Primeira escala de transatlântico traz 4 mil turistas a Balneário Camboriú

O cálculo leva em conta o número de viagens de ida e volta feitas por navios que fazem a rota do Mercosul, e que este ano não vão parar em nenhum terminal no Estado. As companhias têm interesse em novas escalas, mas o processo de alfandegamento passa por uma série de exigências que os operadores têm tentado flexibilizar.

As normas atuais incluem equipamentos de segurança semelhantes aos dos aeroportos, e estrutura para conferência de passaportes e bagagens, se for o caso. A Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia/Abremar) tem atuado junto às Comissões Estaduais e Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis _ Cesportos e Conportos _ para que a norma seja alterada e passe a diferenciar píeres de atracação de portos organizados.

A medida tornaria as exigências mais brandas para as estruturas que receberão navios em trânsito, sem novos embarques nem retirada de bagagens _ caso de Porto Belo, que vem tentando o alfandegamento há pelo menos cinco temporadas, sem sucesso. No momento, o plano de segurança apresentado pelo município  está em análise na Cesportos e há um processo correndo junto à Receita Federal.

A Bontur, empresa responsável pelo Atracadouro Barra Sul, em Balneário Camboriú, também fez uma consulta preliminar à Receita Federal sobre a possibilidade de alfandegamento.

“Não é impossível”

O inspetor da Receita em Itajaí, Klebs Garcia Peixoto Junior, confirma que o processo de Porto Belo está caminhando. Ele diz que as normas para a primeira parada de um navio que vem do exterior são mais rígidas em qualquer lugar do mundo, mas garante que não são impossíveis de serem atendidas.

Agenda

Importante para o Estado, com possibilidade de dobrar o incremento de R$ 70 milhões que os cruzeiros trarão a Santa Catarina este ano, o alfandegamento ainda não chegou à agenda política no Estado. Só em agosto deste ano a Assembleia Legislativa passou a ter uma Frente do Setor Náutico, capitaneada pelo deputado Gabriel Ribeiro (PSD), para colocar em pauta essa discussão.

Desembarque na atração

No trade turístico de Balneário Camboriú fala-se que a principal vantagem da chegada dos navios à cidade é que o turista desembarca de frente para os principais pontos turísticos. De fato, o novo destino fez sucesso entre os turistas que chegaram, nesta terça-feira, a bordo do navio Preziosa na primeira escala oficial de transatlânticos. Só 5% dos passageiros e tripulantes compraram passeios para cidades vizinhas. Normalmente, esse índice é de 20%.

Acompanhe as publicações da colunista Dagmara Spautz:

Itajaí fechará 2017 com saldo positivo de empregos

Balneário Camboriú vai protestar dívidas em cartório

MPSC avalia importância histórica de um dos primeiros balneários do Estado

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCatarinenses conhecem adversários na estreia da Copa do Brasil; Figueirense terá viagem mais longa https://t.co/I1lBJJZr7Ihá 5 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioPorto Belo desiste de projeto de adutora na praia https://t.co/ljiSWTdCbvhá 6 horas Retweet
O Sol Diário
Busca