Maioria dos ingressos de cinema vendidos em SC neste ano foram para sessões dubladas - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Dublado X legendado29/07/2016 | 10h00

Maioria dos ingressos de cinema vendidos em SC neste ano foram para sessões dubladas

Pesquisa mostra que filmes falados em português ganham cada vez mais espaço no Estado, mesmo com resistência dos usuários de redes sociais

Maioria dos ingressos de cinema vendidos em SC neste ano foram para sessões dubladas Rafaela Martins/Agencia RBS
Pesquisa mostra que filmes falados em português ganham espaço, mesmo com resistência dos usuários de redes sociais Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS

Na programação de quinta-feira (28) da rede de cinemas Cinemark do Floripa Shopping, na Capital, havia apenas duas sessões legendadas contra 24 dubladas (incluindo infantis e animação). Já no Arcoplex dos shoppings Itaguaçu, em São José, e Via Catarina, em Palhoça, todas eram dubladas até quarta-feira (27). Em nova checagem na quinta-feira, o cinema do Itaguaçu ganhou dois filmes legendadas e o do Via Catarina, um.

Coluna de cinema: os direitos do consumidor estão sendo desrespeitados
Até quando os filmes legendados vão ser pouco disponíveis nos cinemas de Santa Catarina?
Catarinense com deficiência auditiva protesta contra excesso de filmes dublados em cinemas de SC

A mudança nos cinemas, conhecidos por deixarem filmes com legenda fora da programação, acontece logo após a polêmica, veiculada pelo DC na última segunda-feira (25) e que ganhou as redes sociais, sobre o protesto da estudante catarinense Danielle Kraus Machado no Cinépolis do shopping Continente, de São José

Com deficiência auditiva, ela pedia por sessões legendadas dos filmes A Era do Gelo 5 e Procurando Dory. O fato gerou debate e pedidos sobre a maior presença de filmes dublados no Estado, discussão que vai além das questões de acessibilidade. 

A tendência é sustentada por pesquisas, percepções formais e informais de cada cinema e pela receita de bilheteria – em 2016, o perfil do público dos filmes dublados em Santa Catarina está condizente com o do resto do país. De 1º de janeiro até 27 de julho, 59,8% dos ingressos vendidos vieram de versões dubladas no Estado. No país, o percentual é de 60,6%. O dado a que o DC teve acesso é do portal Filme B, especializado no mercado cinematográfico.

A diferença pode não ser grande, mas é crescente. Em uma pesquisa divulgada em 2015, foi feita uma compilação de todas as exibições dubladas e legendadas dos cinemas do Brasil em 2014. O resultado revelou que mais da metade (59%) do total de ingressos vendidos naquele ano foi para quem queria assistir a filmes estrangeiros em versão falada em português.

O fenômeno é recente. Quem costumava frequentar cinemas nos anos 1990 e começo dos anos 2000 deve lembrar que as dublagens eram reservadas aos filmes de animação e infantis. O levantamento mostra várias causas para essa transformação. Uma delas seria a ampliação do público de cinema e uma recente incorporação de novos espectadores, principalmente das classes C e D.

— A preferência do público é pelo filme dublado na maioria dos cinemas, principalmente nos mais populares — reconhece Mário Luiz, diretor da Arcoplex.

Entre outras causas apontadas pelo estudo estão o fato da TV aberta exibir filmes dublados sempre – o que teria acostumado o espectador –, a popularização do 3D e a oferta de filmes com edição ágil, que dificulta o acompanhamento de legendas.

O DC comparou a quantidade de sessões dubladas e legendadas do filme A Lenda de Tarzan, estreia da última semana, e de Jason Bourne, que entrou em cartaz nesta quinta. Foram checados todos os cinemas das principais redes – GNC, Cinesystem, Cinemark, Arcoplex e Cinépolis. A preferência pelos dublados se confirma em algumas redes, como na Arcoplex, que mantém exibições com legenda nas cidades de Chapecó, Itajaí, Criciúma, Lages, Blumenau e Jaraguá do Sul, com apenas um horário, além das mudanças feitas na quinta-feira. 

O mesmo ocorre no Cinemark, que tem unidades em Florianópolis e Lages. A quantidade de exibições dubladas dos dois filmes consultados era maior, apesar de haver pelo menos uma com legenda de cada filme. 

Apesar da propensão, a oferta de versões originais ou faladas em português pode variar de acordo com o perfil da rede e dos shoppings onde ela atua. Em todas as cidades em que a GNC está presente – Balneário Camboriú, Blumenau, Criciúma e Joinville –, por exemplo, foi possível encontrar mais sessões legendadas que dubladas de ambos os filmes. Mesmo assim, a empresa reconhece que o público prefere ver filmes falados em português.

— Acredito que está havendo uma leve tendência para uma preferência do dublado. Justamente pela qualidade das dublagens, cada vez melhores, muitas vezes representadas por renomados artistas do cinema e da TV ou do teatro brasileiro — concorda Hormar Castello Junior, diretor de programação da rede GNC.

Florianópolis tem uma particularidade – o mesmo estudo da Filme B/BoxOffice Brasil mostrou que a cidade é a capital com maior penetração de filmes legendados, com 54,2%, pouco mais da metade do mercado. Em segundo lugar, vem Brasília (DF), com 51,2%. A rede Cinesystem, que atua somente em Florianópolis, no shopping Iguatemi, ofereceu o filme Jason Bourne apenas com legendas, por exemplo.

Numa enquete no twitter do Diário Catarinense, 70% dos seguidores preferiram os filmes legendados. 

Quem faz questão de assistir a filmes em suas versões originais tem que se organizar. De modo geral, os legendados são exibidos em sessões noturnas, após às 21h. Segundo os porta-vozes das redes GNC, Arcoplex e Cinépolis, obras que se encaixam nas categorias "de arte" ou "cult" também são comumente exibidas com legendas.


Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioVÍDEO: divulgado trailer de filme sobre indústria pornô gay estrelado por James Franco https://t.co/u3P4yGKTbuhá 13 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioOposição recorre à PGR com representação contra ministro da Justiça https://t.co/J3R87rHpqwhá 15 horas Retweet
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros