Cinco livros de Ian McEwan, convidado do Fronteiras do Pensamento desta segunda - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Dicas24/10/2016 | 08h05Atualizada em 24/10/2016 | 08h05

Cinco livros de Ian McEwan, convidado do Fronteiras do Pensamento desta segunda

Confira algumas obras do renomado britânico que dá conferência no Araújo Vianna, em Porto Alegre, às 19h45min

Cinco livros de Ian McEwan, convidado do Fronteiras do Pensamento desta segunda Companhia das Letras/Divulgação
Foto: Companhia das Letras / Divulgação
Alexandre Lucchese

Confira cinco livros para adentrar o universo de Ian McEwan, autor que dará conferência nesta noite no Fronteiras do Pensamento, em Porto Alegre.

Reparação

É sem dúvida o livro mais conhecido e recomendado de Ian McEwan. Chegou às livrarias em 2001, depois que o autor já havia sido aclamado com o Booker Prize, em 1998, pelo anterior Amsterdam, assumindo status de destaque da literatura britânica. Reparação não decepcionou, sendo um sucesso de público e crítica. O livro, que tem no centro uma personagem feminina que sonha em ser escritora e constrói uma trama fantasiosa envolvendo um crime, foi rapidamente traduzido para dezenas de idiomas, chegando ao Brasil em 2002. Em 2007, uma nova onda de leitores surgiu com sua adaptação para o cinema, Desejo e reparação, do cineasta Joe Wright.
Romance, Companhia das Letras, 272 páginas, R$ 37,90.

Leia mais
Ian McEwan palestra no Fronteiras do Pensamento nesta segunda
Em "Serena", Ian McEwan narra o dilema de uma agente secreta apaixonada
Feto na barriga da mãe é o narrador de novo romance de Ian McEwan 


Na Praia

Romance sobre um casal que se instala em um hotel na praia de Chesil, perto do Canal da Mancha, para celebrar sua noite de núpcias. Ambientado em 1962, o livro documenta as tensões que surgem a partir dos resquícios da rígida e repressiva educação vitoriana sob a qual os personagens cresceram. Com pouco mais de cem páginas, é uma boa indicação para quem quer começar a ler Ian McEwan. Apesar de relativamente curto, trata-se de um romance que conta com características claras da melhor prosa do autor, que consegue partir de temas e ações cotidianas para expor personagens profundas, com emoções e dramas universais.
Romance, Companhia das Letras, 136 páginas, R$ 39,90

Amor sem fim

A narrativa começa quando, em um piquenique, um casal vê um acidente de balão envolvendo uma criança prestes a acontecer. Ao tentar ajudar, o marido conhece outro personagem, que acaba criando uma verdadeira obsessão sobre ele. O que poderia se tornar um evento contornável em uma tarde de descanso acaba mudando para sempre a vida dos protagonistas, demonstrando a força e a ironia de alguns acasos. Lançado originalmente em 1997, ganhou edição brasileira apenas em 2011. O livro foi adaptado para o cinema pelo diretor Roger Mitchell, com Daniel Craig no elenco, com o título de Amor para sempre.
Romance, Companhia das Letras, 296 páginas, R$ 49,90

O inocente

Lançado em 1990, chegou ao Brasil em 2003, na esteira do sucesso de Reparação. O livro narra a chega de Leonard, um jovem técnico do governo britânico, a Berlim para trabalhar em uma missão secreta na década de 1950. Em sua nova cidade, Leonard experimenta as sensações de quem pela primeira vez vive a liberdade longe do lugar onde cresceu. Ele acaba se envolvendo com a alemã Maria Eckdorf, mas o caso se revela cada vez mais complicado, passando a ter contornos cruéis e inesperados em seu contexto de Guerra Fria. O livro foi filmado pelo diretor John Schlesinger em 1993. Apesar de escrever o roteiro, o autor revelou não ter gostado do resultado.
Romance, Companhia das Letras, 328 páginas, R$ 54,90

O jardim de cimento

Primeira narrativa longa do autor, lançada em 1978, é um dos textos que justificam o apelido pelo qual ficou conhecido no início da carreira: Ian Macabro. Com contornos da tradição gótica, tensão e humor, McEwan conta a história de dois adolescentes e duas crianças que, com a doença da mãe e a morte do pai, entregam-se a todos os tipos de sensações e descobertas. O grupo toma a decisão de esconder o corpo da mãe, para que não sejam levados a um abrigo e separados. Trata-se de um livro que explora os limites do desejo em um mundo sem repressões. O que poderia parecer libertador – a distância dos adultos para as crianças – torna-se um ambiente de tédio e autodestruição. Romance, Companhia das Letras, 136 páginas, R$ 24,90

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros