Conheça os filmes que serão exibidos pela primeira vez no Brasil no festival Lagoa Surfe Arte - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Loucos pelo mar 20/10/2016 | 06h06Atualizada em 20/10/2016 | 09h25

Conheça os filmes que serão exibidos pela primeira vez no Brasil no festival Lagoa Surfe Arte

Três longas internacionais que mostram a cultura surfe estão na programação do evento que ocorre até o dia 22 em Florianópolis. A programação inclui mostras competitivas de curtas-metragens

Conheça os filmes que serão exibidos pela primeira vez no Brasil no festival Lagoa Surfe Arte Bella Vita/Reprodução
Cena do italiano "Bella Vita", de Jason Baffa Foto: Bella Vita / Reprodução

Os três longas da programação do Lagoa Surfe Arte serão exibidos pela primeira vez no Brasil. Conheça os  filmes:

View from a Blue Moon, de Blake Vincent Kueny (dia 20)

"View From A Blue Moon" Teaser from John John Florence on Vimeo.

Filmado inteiramente em 4K, View from a Blue Moon (Vista de uma Lua Azul) acompanha um dos mais dinâmicos surfistas do mundo, John John Florence, de apenas 24 anos, e seus amigos mais próximos em um dos seus destinos favoritos para surfar, a Costa Norte de Oahu, no Havaí. O longa tenta absorver o que nunca foi capturado antes em Florence. O filme é o segundo lançado pelo diretor Blake Vincent Kueny, que dessa vez fez parceria com a produtora Brain Farm, premiada com um Emmy.

Bella Vita, de Jason Baffa (dia 21)

Bella Vita Trailer #2 from Bella Vita Film on Vimeo.

Lançado originalmente em 2013, o italiano Bella Vita estreia no Brasil no LSA¿16 na sexta. O filme acompanha o surfista Chris Del Moro, sua família e a linhagem de apaixonados pelo esporte em toda a Itália. É um filme que mostra a Itália muito além da pasta, ferrari e vinho. E ressalta a importância de se preservar a história do surfe.

Peninsula Mitre, dos Gauchos del Mar (dia 22)

PENINSULA MITRE from GAUCHOS DEL MAR on Vimeo.

Os irmãos Gauchos del Mar realizaram uma expedição inédita: caminharam durante 53 dias, com mochilas de 35 quilos, até a ponta mais ao leste da Terra do Fogo, na Argentina. O objetivo era conseguir surfar uma onda no Farol do Cabo de São Diego e até chegar ao destino, enfrentaram clima hostil e escassez de alimentos. 

Eles documentaram a experiência na região com o objetivo de compartilhar uma mensagem ambiental, deixando de lado o consumismo e levantando a bandeira de um modo de vida mais simples para proteger a Península Mitre. Apaixonados por surf, os argentinos dedicam-se ao surf e a documentar as experiências com a natureza e o esporte.

AGENDE-SE 

O quê:
 Lagoa Surfe Arte¿16
Quando: até 22/10
Onde: Cinema do Centro Integrado de Cultura (Av. Irineu Bornhausen, 5.600, Agronômica, Florianópolis) e O Sítio (Rua Francisca Luísa Vieira, 53, Lagoa da Conceição, Florianópolis)
Quanto: doação de um kit social (creme e escova dental, sabonete, absorventes femininos e desodorante)

Loucos pelo mar: Lagoa Surfe Arte traz a Florianópolis filmes, debate e exposição sobre o esporte

Leia também
Ciclo Internacional de Compositoras mostra o potencial das mulheres de SC
Sete dias de música: veja a programação completa do Floripa Noise

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros