Lamber os pelos, tomar água da torneira: entenda o que significam as ações dos gatos - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Vida dos pets27/10/2016 | 12h00Atualizada em 27/10/2016 | 13h41

Lamber os pelos, tomar água da torneira: entenda o que significam as ações dos gatos

Aprenda a identificar os sinais que os gatos dão aos donos

Lamber os pelos, tomar água da torneira: entenda o que significam as ações dos gatos Marcelo Oliveira/Agencia RBS
Foto: Marcelo Oliveira / Agencia RBS

Observadores natos, os felinos estão sempre criando rotas e avaliando as alternativas que não os coloquem em risco. Para Maurício Choinski, adestrador da empresa Cão Cidadão, este comportamento é comum aos animais que são tanto presas quanto predadores. Eles gostam de ambientes verticais, pois podem enxergar tudo do alto e criar suas próprias estratégias. Também são considerados mais regrados:

Leia mais:
Latir, comer grama, balançar o rabo: entenda o que significam as ações dos cachorros

—Eles são mais rigorosos com as rotinas de alimentação, passeio — destaca o adestrador.

Veja alguns comportamentos típicos dos gatos:

Arte ZH

Dividir o mesmo local de dormir com outro gato não significa que eles são "amigos". Quando deitam de costas um para o outro num sofá, por exemplo, quer dizer que eles estão apenas se tolerando.

— Querem dizer que não há espaço para que fiquem mais longe — afirma Choinski.

Arte ZH

É o momento em que ele está seguro, confortável e à vontade.

Arte ZH

Conforme o adestrador, gatos sentem-se sempre ameaçados, por isso preferem a água fresca da torneira aos potinhos.

— Às vezes eles tocam na água do pote e lambem para avaliar a sua qualidade. Se não estiver fresca, eles não tomam — garante.

Arte ZH

É uma demonstração de carinho. Seria algo como "você me conquistou, vou te permitir ter meu cheiro", explica Choinski.

Arte ZH

Não quer dizer obrigatoriamente que eles querem carinho.

— Mostra que está calmo, feliz — afirma a fundadora da Pet Anjos e veterinária especialista em comportamento animal, Carolina Rocha.

Muitas vezes, quando recebem carinho na barriga, podem arranhar, pois ele não quer brincar e usa a arma que tem para se defender.

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros