Monica Iozzi diz que não houve ofensa a Gilmar Mendes e vai recorrer de decisão judicial - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Na justiça03/10/2016 | 19h16Atualizada em 03/10/2016 | 19h16

Monica Iozzi diz que não houve ofensa a Gilmar Mendes e vai recorrer de decisão judicial

Apresentadora foi  condenada a pagar R$ 30 mil a ministro do STF

Monica Iozzi diz que não houve ofensa a Gilmar Mendes e vai recorrer de decisão judicial TV Globo/Reprodução
Monica Iozzi fez sucesso no programa CQC, da Band, e acabou contratada pelo Globo   Foto: TV Globo / Reprodução

A atriz e apresentadora Monica Iozzi recorrerá da decisão judicial que a condenou a pagar uma indenização de R$ 30 mil ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Por meio de sua assessoria, a atriz afirmou que não houve "qualquer tipo de ofensa ao ministro, mas expressão de uma opinião sobre um fato público a respeito do julgamento de um médico que chocou o país, médico acusado e condenado por ter abusado sexualmente de dezenas de suas pacientes".

Leia mais
Monica Iozzi é condenada a pagar multa de R$ 30 mil a ministro do STF

Em 28 de maio, Monica fez um post nas redes sociais criticando a decisão do ministro de conceder um habeas corpus ao ex-médico Roger Abdelmassih, condenado em 2010 a 278 anos de prisão pelo estupro de 37 pacientes. A atriz publicou uma foto de Gilmar Mendes com uma faixa escrito "Cúmplice?" acompanhada da legenda: "Se um ministro do STF faz isso nem sei o que esperar".

Se um ministro do Supremo Tribunal Federal faz isso... Nem sei o que esperar...

Uma foto publicada por Monica Iozzi (@monica.iozzi) em


 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros