Farofada no TJ: entenda a polêmica com o beach club da Praia Brava que virou meme e tem até evento  - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Pense antes de publicar23/11/2016 | 13h02Atualizada em 23/11/2016 | 14h50

Farofada no TJ: entenda a polêmica com o beach club da Praia Brava que virou meme e tem até evento 

Tudo começou quando uma garota reclamou no Facebook do atendimento no bar e o dono resolveu responder. Em entrevista ao DC, ele assume ter errado e diz que vai pedir desculpas

Farofada no TJ: entenda a polêmica com o beach club da Praia Brava que virou meme e tem até evento  Facebook/Reprodução
Tim Jones, proprietário do bar, chamou uma garota de farofeira após receber uma avaliação negativa no Facebook Foto: Facebook / Reprodução

Uma confusão depois de um comentário negativo sobre o bar TJ's Beach House, na Praia Brava, em Itajaí, resultou em um evento com milhares de confirmados: a Farofada no TJ, que será neste sábado (26), a partir das 10h, convoca os internautas a se reunirem no beach club em apoio à garota que diz ter sido mal atendida no local e recebeu ofensas do proprietário na rede social.

Tudo começou quando Mariana Bessani deu nota 1 para o bar na página no Facebook. A garota alega que o garçom se recusou a emprestar guarda-sol para ela e as amigas porque elas estariam com um cooler com bebidas e o material só seria cedido para quem consumisse lá. Segundo o depoimento, ela disse que pretendia comer mas que mesmo assim o empréstimo lhe foi negado. 

O dono do bar, Tim Jones, respondeu que ali existiam regras e que eles não atendiam quem estivesse com caixa térmica e isopor. Ele também chamou as amigas de farofeiras e chegou a proferir ofensas no perfil da garota. Mas em  entrevista por telefone ao DC nesta quarta-feira, assumiu que errou:

— A gente vai fazer uma retratação. Errei, reconheço, não devia ter me envolvido. Mas só a gente sabe o serviço que é para ter todo o material disponível para os clientes na praia, não acho justo uma pessoa se dispor a vir para a praia, trazer isopor e usar tuas instalações como banheiro e ducha. É uma comodidade para os clientes e tudo isso envolve custo.  Mas vou me retratar, quem nunca errou? — explica Tim Jones.

Veja a publicação:

Para dar uma ideia do sucesso do evento, quando esta reportagem começou a ser escrita, na manhã desta quarta-feira, havia cerca de 7,9 mil confirmados. Pouco mais de uma hora depois, o número pulou para 8,5 mil. Depois de pedir desculpas, a intenção do proprietário do bar é surfar da onda da publicidade gerada por conta do evento:

— Má ou boa, é propaganda. Acho que vão ter azar porque a previsão é de chuva, mas não tem porquê fecharmos. A gente vai aproveitar porque ninguém foi agredido, não teve nenhum fato grave. Quem conhece nossa política de atendimento tá tranquilo, e quem vem aqui e conhece minha pessoa sabe quem eu sou. Vai estar aberto e vamos vender farofa a preço justo — brinca.

O TJ's Beach House foi inaugurado há três anos, abre o ano inteiro e já teve o modelo catarinense Marlon Teixeira como sócio - segundo Jones, Teixeira não tem mais sociedade no estabelecimento. 

Veja alguns memes:


 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros