"Relembramos tudo, foi uma grande emoção", conta Vilfredo Schürmann sobre filme Pequeno Segredo - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Uma história para emocionar10/11/2016 | 10h01

"Relembramos tudo, foi uma grande emoção", conta Vilfredo Schürmann sobre filme Pequeno Segredo

Catarinense esteve em Blumenau nessa quarta-feira para pré-estreia da obra sobre a filha mais nova da família. Filme entra em cartaz nesta quinta-feira

"Relembramos tudo, foi uma grande emoção", conta Vilfredo Schürmann sobre filme Pequeno Segredo Schurmann Film Company/Divulgação
Foto: Schurmann Film Company / Divulgação

O cineasta David Schürmann e o pai, Vilfredo, estiveram ontem em Blumenau para a pré-estreia de Pequeno Segredo, que entra em cartaz hoje

Eles se tornaram conhecidos pelas voltas ao mundo navegando, mas é o capítulo mais emocional e cativante da história dos catarinenses da família Schürmann que se apresenta nas quase duas horas de Pequeno Segredo, dirigido por David Schürmann, que entra em cartaz hoje no circuito nacional.

O filme, que é um longa de ficção, é baseado na história real de Kat, a mais nova dos quatro filhos de Vilfredo e Heloisa Schürmann. A menina sobreviveu à perda dos pais biológicos na infância e morreu aos 13 anos, em 2006, por complicações decorrentes do vírus HIV, que ela portava desde o nascimento. Após sua adoção, Kat começa a trilhar um caminho de aventuras e mais tarde, já na adolescência, busca se encaixar a uma vida “normal”. Enquanto isso é Heloisa, a guardiã do segredo, que luta como mãe dedicada para manter a união e a integridade da família.

Rodado no Brasil e na Nova Zelândia, o longa tem como base o livro de mesmo nome escrito por Heloisa. No elenco estão atores como Julia Lemmertz, Marcello Antony e Mariana Goulart. Para Vilfredo, o Capitão, que esteve na pré-estreia ontem em Blumenau, a emoção foi forte ao ver a história da família retratada na telona:

— Acho que o David foi iluminado pela Kat. Sou muito suspeito para falar, porque muitos momentos a gente viveu com a Kat, então relembramos tudo isso, foi uma grande emoção. Nós gostamos muito — conta o pai, revelando que assistiu ao filme pela primeira vez no último sábado, pois ele e a esposa pouco participaram da produção:

— Os roteiristas ficaram dois dias com a Heloisa, um dia comigo, e depois foi mais o David. Ele conviveu com a Kat, conhece detalhes de como ela era, e ele não queria um melodrama, queria uma coisa sublime, bonita, e é isso que o filme retrata.

Lançamento em Blumenau
Além da Capital, apenas Blumenau recebeu um evento de pré-estreia de Pequeno Segredo, isso porque a família tem uma relação especial com a cidade.

— Foi uma escolha porque eu me criei em Blumenau e tenho um irmão que mora na cidade. Vivemos muito tempo na Rua São Paulo, só depois eu fui para Florianópolis para estudar — conta Vilfredo, destacando que foi uma maneira de homenagear a cidade e agradecer o apoio que o filme recebeu de empresas da região, como a Cia. Hering. A pré-estreia ocorreu ontem no GNC Cinema do Shopping Neumarkt para convidados.

Corrida pelo Oscar
Vilfredo também comentou a polêmica que envolveu o filme quando Pequeno Segredo foi anunciado como o representante do Brasil na corrida por uma indicação ao Oscar, o maior prêmio mundial do cinema. Muitas pessoas questionaram a não indicação de Aquarius – filme de Kleber Mendonça Filho, com Sônia Braga no papel principal – que era o favorito a entrar na competição.

— Foi uma surpresa, mas foi muito bom, e quem escolheu foram pessoas do cinema mesmo. O David já apresentou para a Academia (de Artes e Ciências Cinematográficas) e houve uma boa recepção. Eles ficaram muito impressionados porque é a vida do diretor, diziam “Nossa, você passou por isso?” — conta.

Segundo Vilfredo, só o trailer teve mais de 1,5 milhão de cliques nas primeiras 72 horas de divulgação, o que faz a família acreditar que o filme será muito bem recebido pelo público.

Blumenau

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros