"Fizemos um trabalho digno", diz David Schurmann sobre "Pequeno Segredo" estar fora do Oscar - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Não foi dessa vez16/12/2016 | 16h23Atualizada em 16/12/2016 | 16h23

"Fizemos um trabalho digno", diz David Schurmann sobre "Pequeno Segredo" estar fora do Oscar

Favoritos na categoria de Melhor Filme Estrangeiro também ficaram de fora, como o chileno "Neruda" e o francês "Elle"

"Fizemos um trabalho digno", diz David Schurmann sobre "Pequeno Segredo" estar fora do Oscar Reprodução/Reprodução
Mariana Goulart interpreta Kat Schumann no filme, e Julia Lemmertz, a matriarca da família, Heloísa Foto: Reprodução / Reprodução

Embora a expectativa fosse grande, o filme Pequeno Segredo está fora da disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro em 2017. O anúncio foi feito na última quinta-feira pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, que divulgou a pré-seleção de nove produções, das quais apenas cinco seguirão para a grande cerimônia de premiação no dia 26 de novembro. A última vez que o Brasil disputou o Oscar de melhor filme estrangeiro foi em 1999, com Central do Brasil.

Apesar da campanha que a produção do longa catarinense empenhou para que o filme fosse visto com bons olhos pelos críticos e jurados norte-americanos, a equipe sabia da possibilidade de não entrar para a pré-seleção:

— Fizemos uma campanha intensa e foi uma surpresa para todo mundo, porque vários filmes favoritos ficaram de fora, entre eles Neruda e Elle — esse último que é muito bem falado e já ganhou outros prêmios. É sempre uma surpresa, mas acho que fizemos um trabalho muito digno — disse o diretor do filme, David Schurmann, em papo por telefone com Diário Catarinense.

— Recebemos a notícia pouco depois da meia-noite de sexta. Tivemos todo um momento de reflexão e a parte boa disso tudo é que abriu muitas portas para outras produções nossas. A indicação de Pequeno Segredo para representar o Brasil também garantiu contatos com distribuidoras e investidores. Crescemos e evoluímos com este trabalho — disse o produtor, João Roni.

Escolha polêmica

A escolha de Pequeno Segredo para representar o Brasil no Oscar foi polêmica. Aquarius, filme de Kleber Mendonça Filho e favorito por parte da crítica especializada, também concorria à indicação, mas ficou de fora o que gerou muito barulho nas redes sociais. O longa catarinense conta a história de Kat Schürmann, filha adotiva da família catarinense que morreu aos 14 anos devido a complicações decorrentes do HIV. 

Quais filmes continuam na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro:

Tanna (Austrália)
It¿s Only the End of the World (Canadá)
Land of mine (Dinamarca)
Toni Erdmann (Alemanha)
The salesman (Irã)
The king's choice (Noruega)
Paradise (Russia)
A man called Ove (Suécia)
My life as a zucchini (Suíça) 

Leia mais sobre o Pequeno Segredo
"Nos bateram de forma covarde", diz diretor do filme

Meu Oscar foi assistir com a Heloísa e ver que ela gostou", diz Julia Lemmertz 

Tapete vermelho em Florianópolis: atores participam da pré-estreia 

Viviane Bevilacqua: o amor mais profundo entre Heloísa e Kat

Confira os bastidores de gravação do filme "Pequeno Segredo"

Opinião: Prepare o lencinho, Pequeno Segredo vai emocionar você

Crítico da Folha de SP defende sua opinião: "O filme não é bom"

"Marcello Antony é o Vilfredo todinho", diz Heloísa Schurmann sobre o filme 

Com Pequeno Segredo, lista com 85 candidatos ao Oscar de melhor filme estrangeiro é divulgada

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioUniversidades de SC criam disciplina para suprir déficit no ensino básico da matemática https://t.co/ZwMVHiHRYyhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioEm meio à crise, torneio de dominó reúne lideranças políticas em Brusque https://t.co/6z0za0iVLZhá 8 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros