Menina de 10 anos ganha prêmio da Biblioteca Pública de SC após ler 97 livros em um ano - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Leitura12/12/2016 | 10h35Atualizada em 12/12/2016 | 10h35

Menina de 10 anos ganha prêmio da Biblioteca Pública de SC após ler 97 livros em um ano

Nina Fritsche é incentivada à leitura desde que estava na barriga da mãe

Menina de 10 anos ganha prêmio da Biblioteca Pública de SC após ler 97 livros em um ano Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Nina e o irmão Theo são incentivados pelo pai, Valmor Fritsche, que é jornalista e editor Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

A estudante Nina Fritsche, 10 anos, de Florianópolis, tem a vida pautada pelos livros. Ainda na barriga da mãe, os pais leram para ela a obra La Niña Nina, do Ziraldo. O gosto pela leitura parece ter passado pelo cordão umbilical. Ela já perdeu as contas de quantos livros leu e diz que as histórias ajudam a afastar o tédio. Lê todos os dias e tem preferência pelos enredos de comédia. Neste ano, a estudante retirou 97 livros da Biblioteca Pública de Santa Catarina (BPSC). Com esse feito, foi premiada na 2ª edição do Estrela da Leitura da biblioteca, sexta-feira, como a jovem que mais retirou livros da biblioteca. A ação tem como objetivo despertar mais fãs de livros por aí.

Parece estar funcionando. O irmão de Nina, Theo, de três anos, segue pelo mesmo caminho. Gosta que leiam para ele antes de dormir e ganhou o prêmio na faixa etária até sete anos. Retirou 65 livros neste ano. O incentivo vem de casa, explica o pai dos pequenos, o jornalista e editor de livros Valmor Fritsche.

– O livro é uma ferramenta para despertar a curiosidade, para ajudar a criança a entender o mundo. Mas ninguém nasce gostando, tem que estimular a criança e então ela vai se apegar aos livros.

Mas Nina e Theo são exceção. No país, o levantamento Retratos da Leitura no Brasil do Instituto Pró-Livro divulgado neste ano mostrou que a faixa etária de 5 a 10 anos leu, em média, menos de dois livros inteiros em três meses.

O assessor da diretoria de gestão da rede da secretaria de Educação de SC, Isaac Ferreira, explica que o brasileiro não tem a cultura da leitura, falta o exemplo dos pais como leitores, não há costume de comprar livros e também há um apelo maior da tecnologia. Porém, ressalta os benefícios do hábito, que ajuda no processo de alfabetização. Além disso, leitores têm mais chances de se tornarem cidadãos mais críticos e com argumentos consistentes:

– Leitura não é só por prazer, é necessidade, é inserção na cultura. Quanto maior a proficiência na leitura, maior o poder de argumentação – acrescenta. 
O professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Udesc Lourival José Martins Filho vai além e diz que a ¿contribuição da leitura para o aprimoramento da experiência existencial do ser humano é indiscutível¿. Mas faz uma ressalva: ninguém nasce leitor:

– Aprende-se a ser leitor e a gostar de ler nas interações que vamos realizando desde a infância. Famílias e professores leitores podem contribuir na formação de crianças leitoras. O real incentivo à leitura é quando família e escola têm a leitura em seu cotidiano.

Para a Biblioteca Pública de SC ações como premiar os alunos que mais retiram livros já começam a render frutos. O número de carteirinhas de cadastrados na biblioteca, empréstimos de gibis e frequentadores do setor 
infanto-juvenil dobrou neste ano em relação a 2015.

Vencedores da Estrela da Leitura da Biblioteca Pública de SC

Faixa etária de 0 a 7 anos
Theo Fritsche, 3 anos - 65 livros
Luiza Volpato, 5 anos - 20 livros
Davi Pelicioli e Silva, 5 anos - 19 livros

Faixa etária de 8 a 11 anos
Nina Fritsche, 10 anos - 97 livros
Gael Martos Roberts, 9 anos - 63 livros
Catarina Martins Palharin, 11 anos - 32 livros

Faixa etária de 12 a 17 anos
Pedro Cavalheiro e Silva, 14 anos - 33 livros
Marina Ribeiro Viera, 12 anos - 26 livros
Allana Ellen Martins, 12 anos - 20 livros

Gibis
Pedro Cavalheiro e Silva, 14 anos -130 exemplares

Leia mais:
Entenda os benefícios da leitura e saiba como estimular os pequenos
Lançamentos de livros de poesia, arte e fotografia agitam dezembro
Dois meses depois, Bob Dylan agradece Prêmio Nobel por carta

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAlta no nível dos rios prejudica segurança na manobra de navios em Itajaí https://t.co/mXs72gI2HHhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCidades de SC registram volumes altos de chuva e Defesa Civil alerta para risco de novos deslizamentos https://t.co/WONG2gBOxohá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros