"Estrelas Além do Tempo" é o grande vencedor do SAG Awards - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Reconhecimento30/01/2017 | 08h10Atualizada em 01/02/2017 | 16h11

"Estrelas Além do Tempo" é o grande vencedor do SAG Awards

Considerado um termômetro do Oscar, premiação ocorreu no domingo

"Estrelas Além do Tempo" é o grande vencedor do SAG Awards Fox/Divulgação
Cena de "Estrelas Além do Tempo" Foto: Fox / Divulgação
AFP
AFP

O filme Estrelas Além do Tempo venceu no domingo o prêmio de melhor elenco no Screen Actors Guild (SAG) Awards, considerado um termômetro do Oscar. Participaram do filme nomes como Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monae.

O prêmio para o filme de Theodore Melfi, que narra a história das matemáticas afro-americanas que ajudaram a Nasa a levar os primeiros homens ao espaço, foi uma surpresa. Muitos apostavam na vitória de Manchester à Beira-Mar, de Kenneth Lonergan. Os outros indicados na categoria eram Moonlight, Capitão Fantástico e Um Limite entre Nós.

Leia mais:
Oscar 2017: "La La Land" domina a premiação; confira os indicados 
Recorde do filme "La La Land" marca anúncio das indicações ao Oscar 
Diversidade racial volta a ganhar destaque nas indicações ao Oscar

Denzel Washington, de Um Limite entre Nós, desbancou Casey Affleck, protagonista de Manchester, e levou o prêmio de melhor ator. Washington, 62 anos, que já venceu dois Oscar, superou ainda Andrew Garfield (Até o Último Homem), Viggo Mortensen (Capitão Fantástico) e Ryan Gosling (La La Land). Já na categoria melhor atriz, Emma Stone (La La Land) foi a vencedora.

Ryan Gosling e Emma Stone em "La la land"  Foto: paris filmes / Divulgação

Os prêmios de coadjuvantes foram atribuídos a Mahershala Ali por Moonlight, e a Viola Davis, por Um Limite entre Nós. Ali, 42 anos, conhecido pela série House of Cards, fez um discurso emocionado sobre a necessidade de apoiar os marginalizados.

– Acredito que o que aprendi trabalhando em Moonlight é que vemos o que acontece quando perseguimos as pessoas: elas se voltam para si mesmas – disse Ali, um muçulmano filho de uma cristã, sem conter as lágrimas.

Nas categorias de televisão, The Crown levou dois prêmios: melhor atriz e ator de série dramática, para Claire Foy e John Lithgow. Stranger Things e Orange is the New Black venceram nas categorias de melhor elenco, de série dramática e de comédia, respectivamente.

Nas categorias de interpretação de comédia, os vencedores foram Julia Louis-Dreyfus (Veep) e William H. Macy (Shameless). Bryan Cranston levou o prêmio de melhor ator em filme ou minissérie para TV por All The Way, enquanto Sarah Paulson (The People vs. O.J. Simpson) levou o prêmio de interpretação feminina.

A premiação foi marcada por discursos contra o decreto do presidente Donald Trump que suspende temporariamente a entrada nos Estados Unidos de refugiados e cidadãos de sete países de maioria muçulmana.

Leia outras notícias de entretenimento e cultura em ZH


Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioGoverno federal e Porto de Itajaí discordam sobre área de ampliação https://t.co/Pe11HvtXcZhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioConselho regional em SC acata decisão que proíbe enfermeiros de solicitarem exames no SUS  https://t.co/7vfnFcO9E9há 4 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros