Inédita: mostra sobre Florianópolis tem obras raras e contemporâneas na Fundação Cultural Badesc - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Artes30/03/2017 | 09h21Atualizada em 30/03/2017 | 16h07

Inédita: mostra sobre Florianópolis tem obras raras e contemporâneas na Fundação Cultural Badesc

Exposição "Iconografia 344" reúne documentos, pinturas, mapas, gravuras e livros nunca antes expostos 

Inédita: mostra sobre Florianópolis tem obras raras e contemporâneas na Fundação Cultural Badesc Marco Favero/Agencia RBS
Exposição tem livros, documentos e obras de arte raras sobre Florianópolis Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Documentos, pinturas, aquarelas, desenhos, gravuras, mapas e livros raros que mostram a Florianópolis dos primórdios – aquela sem o aterro nem os prédios, que tinha uma relação com o mar diferente da de hoje e que ainda se chamava Vila de Nossa Senhora de Desterro – vão poder ser vistos pela primeira vez na exposição Iconografia 344. A mostra, que tem curadoria do médico e colecionador Ylmar Corrêa Neto, abre quinta-feira na Fundação Cultural Badesc.

— Coleciono imagens da cidade há 30 anos e chegou um momento que achamos que seria interessante mostrá-las. Temos um passado muito rico em imagens e é difícil encontrar uma cidade que tenha tantas, com exceção do Rio de Janeiro, que foi muito ilustrado. A proposta é mostrar para as pessoas que essas imagens existem e despertar a curiosidade pela procura por outras delas — conta o médico.

As obras, garimpadas em leilões e lugares especializados espalhados por várias partes do mundo, principalmente na Europa, mostram a evolução da cidade, sua fauna, flora e habitantes. Entre elas, destaca-se a gravura Vista da Ilha de Santa Catarina, de Duche de Vancy, datada de 1787, a primeira imagem conhecida da vila de Nossa Senhora do Desterro. Os detalhes desta e de outras ilustrações são tantos e tão pequenos que os visitantes terão uma lupa à disposição para apreciá-los melhor.

Carlos Asp e Martinho de Haro Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Além das obras históricas, há também aquelas modernas e contemporâneas que dialogam com os primeiros registros. No piso superior da fundação, por exemplo, um quadro de Martinho de Haro, de 1946, retrata o Morro das Pedras. Ao lado, há uma obra de Carlos Asp, que ¿pintou¿ o local com palavras. 

Em Na noite dos seus cabelos os grampos são feitos de pirilampos que às estrelas querem chegar / viajantes em Santa Catarina, o artista plástico Walmor Corrêa criou uma pintura apresentada sob o texto de um dos viajantes que visitou a Ilha e descreveu a beleza dos vagalumes. 

"Iconografia 344" mostra também obras de artistas contemporâneos Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Ainda na seleção de artistas contemporâneos, uma tela de Paulo Gaiad retrata o céu do Campeche – afinal, a Ilha também pode ser admirada por esse ângulo.

— Cria uma teia conceitual interessante. São maneiras diferentes de transmitir as imagens da cidade — explica Ylmar.

Iconografia 344 fica em cartaz até o dia 1º de junho e ocupa todos os espaços expositivos da Fundação Cultural Badesc. A mostra é dividida em três espaços – Pólis, dedicado às representações da cidade; Vivos, às pessoas, flora e fauna da Ilha; e Linhas e Nomes, aos mapas e documentos antigos. 

O nome da exposição faz alusão à "nova" idade da cidade, que desde 2015 passou a ser contabilizada a partir de 1673, ano da chegada do capitão Francisco Dias Velho.

AGENDE-SE
O quê:
 exposição Iconografia 344
Quando: abertura quinta (30), 19h. Mostra fica aberta ao público até 1º de junho
Onde: Fundação Cultural Badesc (Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro)
Quanto: gratuito

Leia também
Entenda as mudanças na Lei Rouanet e como impactam na cultura em SC
Sete companhias representam SC no Festival de Teatro de Curitiba 
Maestro fala do cancelamento de edital para contratar músicos em Joinville

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAfastado do grupo principal do Figueira, Juliano diz: "Esforcei 110%" https://t.co/dCryN9TZc0há 2 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCBF adia instalação do árbitro de vídeo e fará treinamentos com juízes e assistentes https://t.co/1FkKUfcKfnhá 4 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros