Manteiga ou margarina? Conheça vantagens e desvantagens desses dois parceiros do pão - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Alimentação21/03/2017 | 14h38Atualizada em 24/03/2017 | 09h46

Manteiga ou margarina? Conheça vantagens e desvantagens desses dois parceiros do pão

Além delas, especialistas indicam outras opções para acompanhar o pãozinho

Manteiga ou margarina? Conheça vantagens e desvantagens desses dois parceiros do pão divulgação/Stock.xchng
Foto: divulgação / Stock.xchng

Açúcar e adoçante, suco de caixinha e refrigerante, farinha integral e refinada. O universo da alimentação trava uma série de embates. Um dos que mais rende discussões até hoje é manteiga versus margarina. Nesta briga, a cada ano que passa, uma se destaca em relação à outra. Mas afinal, você sabe qual é a melhor opção para a saúde?

Feita à base de insumos animais, a manteiga é um alimento que, apesar de conter gorduras saturadas — aquelas que podem aumentar os riscos de problemas cardíacos se consumidas em excesso —, também tem vitaminas A, D, E e K, importantes para o bom funcionamento do organismo. Mas há outros ingredientes do alimento que pedem atenção.

Leia mais:
Mel, melado, melaço e xarope de agave são alternativas saudáveis de adoçantes naturais
Xilitol, aspartame, estévia ou sucralose: conheça os prós e contras de cada adoçante

— Algumas marcas adicionam corantes, o que devemos evitar — destaca a nutricionista funcional Juliana Bueno.

A margarina é resultado de um processo industrial pelo qual óleos vegetais passam para ficarem sólidos e estáveis, aumentando seu prazo de validade. O produto vira uma gordura hidrogenada, rica em gorduras trans, maléficas para a saúde e que podem contribuir para aumento de risco cardíaco, diabetes e câncer, além de aumentar o colesterol ruim e diminuir o bom.

— Ao observarmos a lista de ingredientes de uma margarina, veremos somente uma grande quantidade de nomes químicos. Se deixarmos ela em temperatura ambiente por dois anos, nada vai acontecer — diz Juliana.

Complementos saudáveis não são efetivos

Para tornar a margarina mais saudável, a indústria alimentícia tem acrescentado grãos como linhaça, quinoa e chia ao produto. Mas os especialistas alertam que os esforços não têm resultado prático, pois é preciso consumir uma quantidade muito grande de margarina para alcançar os benefícios desses complementos.

— Mesmo com acréscimo de substâncias para melhorar o perfil nutricional e reduzir os malefícios, isso não se sobrepõe ao mal que o produto original faz — avalia a nutricionista Gilberti Helena Hubscher, professora da Universidade Federal de Santa Maria.

— A quantidade indicada para ter resultados é duas colheres de sopa por dia, o que já prejudicaria a saúde — acrescenta Juliana.

Manteiga indiana é boa opção

Para não deixar o pãozinho do café da manhã sem parceiro, uma saída é consumir manteiga ou suas variações, como a ghee. Originária da Índia, a ghee é conhecida como manteiga clarificada. Sua fabricação é feita a partir do cozimento do produto em banho-maria e da retirada de uma espuma que se forma após este processo. Com isso, são eliminadas substâncias como lactose e caseína.

— Estudos mostram que, dessa forma, a toxicidade é retirada — comenta Gilberti.

A manteiga ghee pode ser encontrada em casas de produtos naturais. Outras opções saudáveis são o óleo e a manteiga de coco e o azeite de oliva — que pode ser congelado com ervas e usado como uma manteiga.

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCeleiro de promessas do esporte, Joguinhos Abertos começam neste sábado em Caçador https://t.co/GNrWIuxFaphá 2 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAvaí tem apenas uma troca na escalação para encarar o Cruzeiro https://t.co/X3omH2MnyFhá 4 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros