Som do passado: acervo fonográfico de Zininho poderá ser consultado na Casa da Memória de Florianópolis - Diversão & Estilo - O Sol Diário
 

Arquivo sonoro24/03/2017 | 03h00Atualizada em 24/03/2017 | 03h00

Som do passado: acervo fonográfico de Zininho poderá ser consultado na Casa da Memória de Florianópolis

Material digitalizado será entregue na sexta-feira e totaliza mais de 3,6 mil horas de áudios das décadas de 40 a 70

Som do passado: acervo fonográfico de Zininho poderá ser consultado na Casa da Memória de Florianópolis Diego Redel/Ver Descrição
O autor do "Rancho de amor à Ilha" entre equipamentos de gravação Foto: Diego Redel / Ver Descrição

Além de compositor, Cláudio Alvim Barbosa, o poeta Zininho (1929 - 1998), era um arquivista. E como radialista — ele trabalhou nas rádios Diário da Manhã e Guarujá —, dedicou muito tempo ao registro e gravação de áudios, desde as décadas de 40 até os anos 70. Todo esse acervo, com 1,2 mil fitas de rolo de um quarto de polegada que totalizaram 3,6 horas de áudios, foi digitalizado. O material será oficialmente entregue para fazer parte da Casa da Memória de Florianópolis nesta sexta, às 19h.

O material é relacionado à história do município e foi doado para Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC), órgão o qual a Casa da Memória é vinculada, pela família de Zininho.

A digitalização foi feita pela Triscele Web e Museologia e o material ficará à disposição para consulta no setor de pesquisa.

Leia também
15 eventos para curtir em SC neste fim de semana
De SC, Fernando Lindote é finalista do Marcantonio Vilaça, importante prêmio das artes plásticas no Brasil

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioChapecoense quer manter tabu de nunca ter perdido para o Fluminense https://t.co/dVrKePd1Ghhá 17 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioGoleada do Figueirense se torna marco sob o comando de Milton Cruz  https://t.co/blhOKFmlAohá 18 horas Retweet
O Sol Diário
Busca