Documentário sobre o sistema prisional brasileiro entra em cartaz em Santa Catarina - Diversão & Estilo - O Sol Diário

vulnerabilidade social 13/04/2017 | 08h00Atualizada em 13/04/2017 | 08h00

Documentário sobre o sistema prisional brasileiro entra em cartaz em Santa Catarina

"Central - O poder das facções no maior presídio do Brasil" será exibido no GNC Cinemas de Balneário Camboriú, Criciúma, Joinville e Blumenau 

Documentário sobre o sistema prisional brasileiro entra em cartaz em Santa Catarina Panda Filmes/Divulgação
Foto: Panda Filmes / Divulgação
Diário Catarinense
Diário Catarinense

O documentário Central - O poder das facções no maior presídio do Brasil, que mostra a realidade do Presídio Central, que já foi considerado a pior cadeia do Brasil e da América Latina, estreia em alguns cinemas de Santa Catarina nesta quinta-feira (13). O filme, da jornalista e fotógrafa Tatiana Sager com codireção do jornalista Renato Dornelles, entra em exibição na rede GNC Cinemas de quatro cidades: Balneário Camboriú, Criciúma, Joinville e Blumenau. 

O documentário mostra as disputas de poder entre as facções dentro da cadeia e a vulnerabilidade social a que são submetidos os detentos em celas superlotadas, sem higiene e com uso de vários os tipos de drogas. O filme ainda traz à tona o olhar dos próprios presos sobre a realidade em que vivem. Eles ganharam câmeras e puderam captar imagens das galerias, locais onde nem mesmo a polícia tem acesso. 

Foto: Panda Filmes / Divulgação

Tatiana Sager permaneceu durante 70 dias dentro do Presídio Central de Porto Alegre para poder registrar o cotidiano por trás das grades. Lá, testemunhou o sistema de organização dos presos, que por conta da superlotação da cadeia vivem divididos em galerias. Para mostrar as cenas do interior do Central, em especial as registradas pelos próprios detentos, Tatiana teve uma negociação de três anos com autoridades, advogados e os chamados "plantões" das galerias, presos que possuem um status de prefeito e que comandam tudo o que pode ser feito lá dentro. 

Assista ao trailer:

O documentário é inspirado no livro Falange Gaúcha - a história do Crime Organizado no RS, de Dornelles. O filme ainda tem depoimentos de policiais militares, autoridades, do sociólogo Marcos Rolim, familiares e, claro, dos próprios presos.

Veja os horários das sessões no site do GNC Cinemas.

Leia mais notícias sobre cinema:

Estrelado por Andréa Beltrão e Marco Ricca, "Sueño Florianópolis" tem cenas gravadas na Capital 

Andrey Lehnemann: "Era o Hotel Cambridge" é sensível e um dos filmes mais importantes do Brasil recente

Livro de jornalista gaúcho sobre a máfia italiana no Brasil deve virar filme

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioSocorrista do Samu resgata o próprio filho em Jaborá, no Oeste https://t.co/z6g72G2zo9há 1 minutoRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioBetão diz que Avaí e Chape passaram por mudanças e não vê vantagem do adversário https://t.co/6vTGgez7Nphá 20 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros