Floripa Tap 2017 divulga atrações internacionais e programação aberta ao público - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Sapateado03/04/2017 | 11h17Atualizada em 03/04/2017 | 18h05

Floripa Tap 2017 divulga atrações internacionais e programação aberta ao público

Festival ocorre de 20 a 23 de abril com apresentações gratuitas, workshops e Noite de Gala

Floripa Tap 2017 divulga atrações internacionais e programação aberta ao público Fe Hinning/Divulgação
Foto: Fe Hinning / Divulgação
Diário Catarinense
Diário Catarinense

A 7ª edição do festival internacional de sapateado Floripa Tap está com inscrições e vendas de ingressos abertas. O evento ocorre de 20 a 23 de abril e a programação tem workshops e espetáculos de performances. Parte das atrações são gratuitas ao público, que vai poder conferir as principais tendências no mundo do sapateado. 

— Pela primeira vez temos escolhas bem definidas de estilos. Decidimos selecionar a dedo os sapateadores convidados para mostrar o que realmente está em voga no mundo hoje — explica a idealizadora do Floripa Tap, a coreógrafa Marina Coura, diretora da Garagem da Dança, de Florianópolis. 

Com um estilo que decodifica a técnica americana de sapateado para a linguagem da música nacional, Marina é pesquisadora da linguagem rítmica brasileira, fazendo o ritmo do sapateado deixar de lado o jazz original e ser incorporado a outros, como samba, forró e maracatu.

Marina Coura Foto: Guilherme Araújo / Divulgação

Saiba mais sobre os artistas internacionais convidados

Representante de um sapateado mais pop, a norte-americana Maud Arnold já foi dublê de dança de Beyoncé em diversos vídeos e é fundadora da companhia Syncopated Ladies, que ficou famosa na internet com suas releituras de coreografias de sapateado para músicas pop, e estourou depois de uma versão para Formation, da própria Beyoncé. Maud já esteve no Floripa Tap de 2015.

Considerado um dos melhores sapateadores da atualidade, Derick Grant  estreia no evento. Referência técnica, ele consegue equilibrar no palco uma técnica apurada com a arte de interpretar a dança. Ele vai apresentar o chamado "sapateado de raiz norte-americano". 

Assista a uma performance de Grant:

Sucesso em 2016, o suíço Daniel Borak retorna nesta edição. Ele é considerado o grande nome da nova geração do sapateado, de corpo mais jingado, com aprendizado que tem influências da dança contemporânea e do jazz moderno.

Daniel Borak Foto: Roger Rodrigues / Divulgação

Ao lado de Marina Coura, os nomes internacionais estão na programação de workshops voltados a estudantes e profissionais de sapateado, e também farão apresentações na Noite de Gala, no dia 21 de abril, no Centro Integrado de Cultura, voltada ao público em geral. 

A noite de performances vai reunir ainda grupos de outros Estados, de Santa Catarina e sapateadores nacionais com projeção fora do Brasil, como a paulista Christiane Matallo, conhecida mundialmente por sapatear enquanto toca instrumentos musicais, Fernando Barba, do grupo Barbatuques, que se apresentou na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos no Rio e apresentará uma performance solo de música percussiva corporal, e o catarinense Diego Tavares, que fará sua performance de Danças Urbanas, mostrando uma modalidade "irmã" do sapateado.

Agende-se
O quê: 
Noite de Gala com performances solos e em grupos, incluindo os artistas internacionais e nacionais convidados.
Quando: 21 de abril, às 20h30min
Onde: Teatro Ademir Rosa - CIC (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis)
Quanto: os ingressos custam R$ 60 e R$ 30 (meia), à venda na Blueticket O primeiro lote de ingressos pode ser adquirido pelo valor promocional de R$ 40 diretamente na Garagem da Dança, mediante doação de um agasalho (Av. Madre Benvenuta, 1636, sala 9, Santa Mônica, Florianópolis)
Informações: (48) 3209-9023

Destaques da programação aberta ao público

No dia 22 de abril, a programação do Floripa Tap é integrada ao Jurerê Jazz: a Cia. Trupe Toe, companhia profissional de sapateado dirigida por Marina Coura com direção musical de Leandro Fortes, apresenta às 20h o espetáculo Recriando Linguagens. Na mesma noite os dois festivais se encontram às 21h30min para a Jam Session Tap & Jazz, no Il Campanário Resort, no mesmo bairro. 

Tradicionalmente, o Floripa Tap realiza um duelo de sapateadores, brincadeira que expõe o talento dos sapateadores do festival e provoca "confrontos" com alunos, expectadores e quem mais desejar subir no palco para arriscar uns passos. O Cutting Contest será no encerramento do Floripa Tap, no dia 23 de abril, no Jurerê Open Shopping, em Jurerê Internacional. As inscrições são feitas pelo site do Floripa Tap

Toda a programação ao ar livre vai ocorrer mesmo com chuva, pois a estrutura no local terá tendas cobertas. A programação completa das apresentações abertas ao público e dos workshops pode ser conferida no site do festival.

Leia mais:

Dança em destaque: circuito 2017 do EmCena Catarina começa pelo Oeste do Estado

Confira os principais shows que ocorrem em abril no Estado

Best-seller de autora misteriosa Elena Ferrante deve virar série da HBO


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAcordeon Festival reúne músicos do Sul do Brasil em show de celebração do instrumento em vários ritmos https://t.co/7OC3rQcCGUhá 2 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioChapecoense confirma amistoso contra Roma em setembro https://t.co/o2kdK6bnmKhá 4 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros