Geladeira em frente à Biblioteca Pública de SC empresta livros sem cadastro ou prazo de devolução - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Comida para o Cérebro05/04/2017 | 03h00Atualizada em 05/04/2017 | 03h00

Geladeira em frente à Biblioteca Pública de SC empresta livros sem cadastro ou prazo de devolução

Para participar, basta abrir a porta e pegar o que desejar. Doações são bem-vindas.

Geladeira em frente à Biblioteca Pública de SC empresta livros sem cadastro ou prazo de devolução Betina Humeres/DC
Foto: Betina Humeres / DC

Uma geladeira de verdade em plena rua, abastecida de livros no lugar de alimentos. A Biblioteca Pública de Santa Catarina lançou, nesta semana, o projeto Pegue Leve Geladeira Literária – uma geladeira cheia de livros foi colocada no lado de fora do local para que o público possa ter acesso às obras sem prazo e sem necessidade de restituição. O projeto surgiu de uma parceria com Marina Hadlich Uliano de Souza, empresária, blogueira de literatura e aluna da Oficina Literária Boca de Leão, que promove aulas de escrita criativa na própria biblioteca.

— Tinha uma geladeira estragada e eu falei: me dá que eu sei o que fazer. Já tinha montado uma adega literária em São José e foi ótimo  — conta a idealizadora.

Para participar, basta abrir a porta e pegar o que desejar. A biblioteca vai abastecer a geladeira com livros doados (no primeiro dia, segunda-feira, teve de ser reabastecida duas vezes pela manhã), mas doações são bem-vindas – quem quiser colaborar pode simplesmente levar um exemplar e colocá-lo lá dentro. O projeto é mais um entre outras tantas atrações da Biblioteca Pública do Estado (leia mais abaixo).

Ideias para ficar mais interessante

Em 2016, a Biblioteca Pública do Estado recebeu 72.144 visitantes. A maioria deles é composta por estudantes de terceirão ou cursinhos pré-vestibulares, concurseiros ou aposentados. Semana passada, o DC fez uma visita ao local, acompanhado pelo bibliotecário Jorge Prado, que conhece mais de 70 bibliotecas no Brasil e em outros cinco países, já estagiou na biblioteca da Capital e vai até lá todos os dias para estudar. Ele elogia  o acervo, mas acha que o espaço poderia oferecer serviços melhores para a comunidade:

– No horário do almoço, realizar ações para as pessoas que trabalham no Centro se sentirem atraídas ao local.
– Promover sessões de autógrafos.
- Receber aulas de conversação em línguas estrangeiras como fazem algumas livrarias.
– Melhorar a divulgação dos serviços.

Foto: Betina Humeres / DC

35 exemplares de um livro de vestibular

O acervo da biblioteca tem cerca de 115 mil volumes – 15 mil deles no setor de literatura e os outros divididos entre jornais, obras raras e outros formatos. Em 2016, foram emprestados 53.307 livros. Além de séries populares entre os adolescentes e jovens adultos, possui obras em outros idiomas, clássicos da literatura (a biblioteca possui quase todos os livros de José Saramago, por exemplo) e lançamentos. Mas o forte mesmo são os livros que caem nos vestibulares da Udesc e UFSC, que estão entre os mais procurados. Eles ficam em uma mesa separada no segundo andar – no dia da nossa visita, ela estava quase vazia por causa dos empréstimos.Para se ter uma ideia, encontramos 35 unidades da obra Poética, de Ana Cristina Cesar, que estava na lista do último vestibular da UFSC, e 31 edições de Amar, Verbo Intransitivo, de Mário de Andrade, que caiu em 2014.

— Nós compramos os exemplares do vestibular, porque são mais urgentes. Mas o resto do acervo é de doação — explica o bibliotecário Evandro Jair Duarte, que trabalha no local.

Foto: Betina Humeres / DC

Obras do século 17

A Biblioteca Pública do Estado é uma das mais antigas do país. Foi inaugurada em 1855 em um outro prédio no Centro. Uma das partes mais interessantes da Biblioteca não está diretamente aberta ao público. O acervo de obras raras tem até livros com publicação a partir de 1600 e só pode ser acessado mediante solicitação. Quem quiser fazer uma pesquisa deve procurar o setor responsável, levar luvas e máscara (recomendada para quem tem alergias). Entre as preciosidades estão uma edição de 1954 de Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil, com ilustrações de Jean Baptiste Debret, e a série Biblioteca das Moças, coleção de romances publicada pela Companhia Editora Nacional na primeira metade do século 20.

Foto: Betina Humeres / DC

Outras ações

Conheça Mais a Biblioteca Pública
O projeto leva o público infantojuvenil para dentro da biblioteca uma vez por semana. Recebe turmas de até 40 alunos por período, com potencial de atendimento de 35 turmas por semestre. As turmas ainda participam de atividades como contação de história e teatro. Informações pelos telefones (48) 3665-6422 e 3665-6423. 

Troca-Troca de Livros
O projeto ocorre sempre na última sexta-feira e sábado do mês. O objetivo é incentivar o intercâmbio de livros de literatura infantojuvenil e adulta. Ao chegar à biblioteca, o leitor entrega os exemplares que trouxe ao bibliotecário, que fará a análise dos livros. Depois, poderá escolher entre as obras disponibilizadas e realizar a troca. Não são aceitos livros de bolso e gibis. Cada pessoa pode levar cinco livros por troca.

Oficina Boca de Leão
A Oficina Literária Boca de Leão é gratuita e tem como objetivo desenvolver a escrita criativa e a produção de contos. Os encontros ocorrem às terças-feiras, no auditório da biblioteca. As inscrições foram abertas entre fevereiro e março deste ano e os encontros contam, em média com 38 participantes.

Onde fica
Biblioteca Pública do Estado
Das 8h às 19h, de segunda a sexta. Sábado, das 8h às 11h45min.
Rua Tenente Silveira, 343, Centro

Leia mais:

Masc tem novo administrador

Oktoberfest 2017 terá pontos de venda de alimentos e bebidas funcionais e de "pão com bolinho"

O "crime" do tambor: instrumento apreendido pela PM no Carnaval é resgatado em ato em Florianópolis

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAtentados em sorveteria e ponte deixam 27 mortos em Bagdá https://t.co/vs9ThFBJEShá 2 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioTerça-feira é de chuva e risco de temporais em Santa Catarina https://t.co/4JtjnCfJSqhá 2 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros