Atrações nacionais e cultura serrana: Festa do Pinhão começa nesta sexta-feira, em Lages - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Leve casaco09/06/2017 | 03h00Atualizada em 09/06/2017 | 08h55

Atrações nacionais e cultura serrana: Festa do Pinhão começa nesta sexta-feira, em Lages

Chuva dos últimos dias na Serra Catarinense não atrapalhou montagem da estrutura do evento, que espera receber 200 mil pessoas em dez dias 

Atrações nacionais e cultura serrana: Festa do Pinhão começa nesta sexta-feira, em Lages Marco Favero/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Entrevero, paçoca de pinhão, quentão, shows nacionais, nativismo e cultura serrana são alguns (bons) motivos para curtir a Festa do Pinhão, que começa nesta sexta-feira, em Lages. Apesar da chuva e enchente que castigou a Serra catarinense nos últimos dias, o Parque de Exposições Conta Dinheiro e seu acesso não foram atingidos – evento está confirmado e a organização espera 200 mil pessoas em dez dias de festa.

A programação começa com o Festival Raízes, que reúne Amado Batista, Mano Lima, Joca Martins e Felipe e Falcão. No sábado, apresentam-se Fernando e Sorocaba, Thaeme e Thiago e Ludmilla - a funkeira faz sua estreia no evento. O primeiro domingo da festa é voltado para a família, com shows do Guri de Uruguaiana, da dupla sertaneja Day & Lara, da Galinha Pintadinha e da banda lageana Anjos de Plantão.

Nos outros dias, a programação segue com atrações nacionais, em sua maioria do gênero sertanejo. No dia 14, por exemplo, as irmãs Maiara e Maraisa se apresentam pela primeira vez no evento, assim como Luiza e Maurílio, dupla que já está estourada no Centro-Oeste. No feriado de quinta-feira, O Rappa faz sua despedida da festa - a banda anunciou recentemente que vai acabar em 2018. Anitta também se apresenta na festa, dia 17.

Montagem do palco Foto: Diorgenes Pandini / DC

Neste ano, uma das novidades na estrutura é a cobertura parcial do portal de entrada, que terá capacidade para abrigar ao mesmo tempo até 500 pessoas que esperam nas filas. Parte da estrutura do evento também é coberta. O Palco Nacional também está maior – no ano passado, o espaço tinha cerca de 450 m² e agora tem 600 m².

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Sapecadas promovem a música nativista

A música e a poesia tradicionais da Serra Catarinense e do Sul do país têm espaço no Palco Nativista, onde acontece a 7ª Sapecada da Serra Catarinense, que ocorre no domingo e é voltada para artistas locais, e a 25ª Sapecada da Canção Nativa (com classificatórias na segunda e final na terça-feira), aberta para músicos de todo o Brasil e de outros países. Nesses dois dias, a entrada na Festa do Pinhão é gratuita.

Aberto apenas para músicas inéditas e autorais, os concursos estimulam a produção musical de composições nativistas que falam sobre temas como a terra, o homem do campo, as tradições do Sul, a família, as histórias melancólicas e o amor. Artistas reconhecidos no meio despontaram nas Sapecadas, como Neto Fagundes, que foi vencedor da primeira edição, Elton Saldanha, que conquistou a terceira edição com a milonga Canta, Catarina, e o quarteto lageano Coração de Potro – que se apresenta dia 13.

— As Sapecadas hoje podem ser consideradas as de maior expressão do Sul do Brasil. Para os músicos que estão vindo pela primeira vez, é uma vitrine. Amanhã podem se tornar nomes de grandes expressão — aposta o coordenador Mário Arruda.

Neste ano, foram 488 composições inscritas - 329 na Sapecada da Canção Nativa e 159 na da Serra Catarinense. Desses números, apenas 32 canções foram escolhidas, 16 para cada evento. Os prêmios chegam a R$ 12 mil para o primeiro lugar na primeira Sapecada e a R$ 5 mil na segunda. Esse ano, um dos pontos que chamaram a atenção da organização foi a participação de compositores de cidades que até então não apresentavam tantas inscrições.

— Tivemos inscrições até de estados como Rio de Janeiro e outros que não eram muito comuns. Na Sapecada da Serra Catarinense, também teve muita adesão do litoral e das cidades do Alto Vale — conta Arruda.

Agende-se
Festa do Pinhão
Quando: de 9 a 18 de junho
Onde: Parque de Exposições Conta Dinheiro, na Avenida Luiz De Camões, em Lages
Quanto: os ingressos variam entre R$ 25, R$ 55, R$ 65 e R$ 85 pista 1º lote dependendo do dia, e estão à venda pelo site 

Leia mais:

De Amado Batista a Anitta: veja a programação completa da Festa do Pinhão

Pula a fogueira, iá, iá: confira 8 festas juninas em Florianópolis

Apesar das chuvas em Lages, Festa do Pinhão está confirmada e começa nesta sexta-feira

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioApós impasse, obra do Contorno Viário segue paralisada em dois trechos na Grande Florianópolis https://t.co/hieTFPIKDShá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioReunião pública irá tratar questão dos animais de grande porte abandonados em São José https://t.co/JW0iIneFNHhá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros