Crise de ansiedade ou infarto: saiba diferenciar os sintomas - Diversão & Estilo - O Sol Diário

Saúde16/06/2017 | 19h00Atualizada em 16/06/2017 | 19h00

Crise de ansiedade ou infarto: saiba diferenciar os sintomas

Sinais são parecidos, mas consequências e tratamento são bem diferentes 

Crise de ansiedade ou infarto: saiba diferenciar os sintomas Kzenon/Shutterstock
Foto: Kzenon / Shutterstock

Dor no peito, suor, náuseas e aquela dúvida: é um infarto ou uma crise de pânico? Independentemente do que for, fica a orientação de procurar socorro o quanto antes. Caso seja algum problema cardíaco, o tempo é precioso.

— Infarto é parecido com incêndio: o tempo para apagar é determinante para a destruição — compara o chefe do Serviço de Cardiologia do Hospital São Lucas da PUCRS, Paulo Caramori.

Transtornos relacionados à ansiedade, como as crises de pânico, não oferecem risco iminente de morte, mas devem ser reconhecidos, diagnosticados e tratados.

ZH consultou especialistas para diferenciar os sintomas e facilitar o tratamento. Veja.

Crise de pânico

Para caracterizar uma crise de pânico, que é um transtorno de ansiedade, é preciso ter quatro ou mais sintomas da lista abaixo:

— Palpitação
— Suor
— Tremor
— Falta de ar
— Sensação de sufocamento
— Dor no peito
— Sensação de irrealidade
— Náuseas
— Tontura
— Calorão ou calafrios
— Adormecimento
— Medo de ficar louco
— Medo de morrer

Infarto

Veja as características dos principais sintomas dessa emergência, uma das principais causas de morte no Brasil:

— Dor opressiva de difícil localização.
— Sensação de aperto, peso ou ardência na região no tórax, que pode ir da boca do estômago até o queixo.
— Dor em qualquer lado do peito, não somente no esquerdo.
— Pode causar sensação de estômago embrulhado, como se necessitasse arrotar.
— Dor progressiva, ou seja, aumenta com o passar dos minutos.
— Dor que pode irradiar para o antebraço, em direção à mão. Neste caso, é mais comum que ocorra do lado esquerdo, mas pode ocorrer no direito também.
— Suor frio.
— Pode provocar náuseas, vômitos e falta de ar.

Atenção

— Um transtorno psicológico traz consigo sintomas cognitivos como sensações de irrealidade ou medo de enlouquecer. No entanto, como a ansiedade é um mecanismo de defesa do organismo para "lutar" contra uma situação de perigo, um infarto pode, também, ocasionar uma crise de ansiedade.

— Para confirmar um quadro de infarto, é necessário realizar exames como eletrocardiograma.

— Sempre procure uma emergência médica diante de qualquer um dos sintomas citados.

— Embora seja um pouco mais frequente em homens, mulheres também sofrem infartos, portanto, não negligencie nenhum sintoma.

Fontes: Cristiano Tschiedel Belem da Silva, diretor científico do Departamento de Psiquiatria Clínica da Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, Gustavo Glotz de Lima, diretor técnico do Instituto de Cardiologia, e Paulo Caramori, chefe do Serviço de Cardiologia do Hospital São Lucas da PUCRS

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioArtilheiro do Guarani de Palhoça, Juliano Levak foca no acesso e no bom momento na carreira https://t.co/6jrcxFdhD8há 19 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCondenado a 5 anos homem que matou vítima a facadas no Jardim Atlântico, em Florianópolis https://t.co/TLjq8NK7Ashá 1 horaRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros