Certificado Internacional de Vacinação será emitido apenas para quem está com viagem marcada - Diversão & Estilo - O Sol Diário
 

Anvisa11/07/2017 | 10h48Atualizada em 11/07/2017 | 10h51

Certificado Internacional de Vacinação será emitido apenas para quem está com viagem marcada

O documento é necessário apenas em países que requerem a comprovação da vacina contra a febre amarela

Certificado Internacional de Vacinação será emitido apenas para quem está com viagem marcada Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS
Diário Catarinense
Diário Catarinense

A partir da próxima segunda-feira, 17, o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) erá emitido apenas para pessoas que comprovarem que vão viajar ou realizar conexão em algum dos países que exigem o certificado. 

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o objetivo é preservar o atendimento aos cidadãos brasileiros que precisam do CIVP de fato, uma vez que ele é necessário apenas aos viajantes com destino internacional a países que requerem a comprovação da aplicação da vacina contra a febre amarela.

A Anvisa afirma que tem enfrentando um aumento exponencial de solicitações de emissão de CIVP. Nos primeiros quatro meses deste ano, a Agência emitiu 345.550 CIVP, quase a mesma quantia emitida ao longo do ano de 2016, que foi 377.884.

Por conta desse aumento na demanda, os formulários de CIVP aptos a serem utilizados por impressoras esgotaram-se. Assim, as novas emissões vão ser feitas em formulários que contém campos específicos para inserção de dados do viajante manualmente.

Leia também:

Vigilância Sanitária apreende lotes de tinta de cabelo por falsificação

Omeprazol da Eurofarma tem lote suspenso pela Anvisa

Justiça obriga que SUS forneça medicamento derivado da maconha para criança catarinense 


O Sol Diário
Busca