Clima amigável marca último debate entre candidatos à prefeitura de Criciúma  - Economia - O Sol Diário

Eleições 201630/09/2016 | 00h20Atualizada em 30/09/2016 | 01h32

Clima amigável marca último debate entre candidatos à prefeitura de Criciúma 

Clésio Salavaro (PSDB), Fábio Brezola (PT) e Márcio Búrigo (PP) participaram do encontro

Clima amigável marca último debate entre candidatos à prefeitura de Criciúma  Guilherme Hahn/Especial
Foto: Guilherme Hahn / Especial

O último debate antes da eleição municipal foi marcado por um clima amigável entre os candidatos de Criciúma. Clésio Salvaro (PSDB) e Fábio Brezola (PT) fizeram a maior parte das perguntas entre si, aproveitando o espaço para destacar os projetos para a cidade. O atual prefeito e candidato à reeleição, Márcio Búrigo (PP), teve uma participação mais discreta, com menor espaço para apresentar realizações da atual gestão.

Eleições 2016: saiba quem são os candidatos à prefeitura de Criciúma

Na ordem de participação dos candidatos, definida em sorteio realizado antes do debate, Clésio Salvaro iniciou a rodada de perguntas. O tema sorteado foi mobilidade urbana, um dos gargalos do município, e a questão foi direcionada para Fábio Brezola. O candidato falou sobre obras estruturais necessárias, e destacou a importância de estimular o uso do transporte público, com melhor estrutura e preço mais acessível.

O segundo tema sorteado foi a dívida da prefeitura. Brezola direcionou a pergunta a Salvaro, que criticou a administração atual por gastar mais do que arrecada e falou sobre o desafio de buscar o equilíbrio das contas. Na última pergunta do bloco, Márcio Búrigo questionou Salvaro sobre a segurança pública e o papel da guarda municipal. Na resposta, o candidato destacou a importância dos profissionais para auxiliar na segurança da população, e disse que, se eleito, não vai criar uma Secretaria Municipal de Segurança.

"Meu governo será totalmente diferente desse que está aí", afirma Clésio Salvaro
"Vivemos uma instabilidade jurídica e política", critica Fábio Brezola
"Criciúma precisa agregar um hospital realmente público", defende Márcio Búrigo
"O diagnóstico da cidade nos preocupa", diz Odelondes de Souza

No segundo bloco, as perguntas foram sobre temas livres. Salvaro questionou Brezola sobre a educação e a gratuidade do uniforme escolar. Em resposta, a qualificação do professor e a proposta de uma educação em tempo integral foram destacadas por Brezola. O próprio candidato fez a pergunta seguinte sobre a terceira idade e projetos para essa faixa etária. Salvaro falou sobre os grupos de idosos, os encontros e as opções de lazer que oferecem qualidade de vida a esta faixa da população. Márcio Búrigo, para fechar a rodada, questionou Brezola sobre a importância de planejar a cidade a médio e longo prazo, e não apenas focar em soluções pontuais. O candidato concordou com a posição do atual prefeito, e disse que manterá o trabalho da Secretaria de Planejamento se eleito.

No terceiro bloco, resíduos sólidos, incentivo à cultura e Hospital Materno Infantil Santa Catarina foram os temas em destaque. Na última parte do debate, os candidatos fizeram novamente perguntas sobre temas livres, e realizaram as considerações finais. Márcio e Brezola agradeceram o apoio que tem recebido nas ruas e convidaram o eleitor ao voto, e Salvaro aproveitou o espaço para falar sobre a liberação de sua candidatura pela Justiça Eleitoral.

Leia mais notícias sobre as Eleições 2016

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros