Críticas a Gean Loureiro e Angela Amin dão o tom ao debate em Florianópolis - Economia - O Sol Diário

Eleições 201630/09/2016 | 00h24Atualizada em 30/09/2016 | 01h30

Críticas a Gean Loureiro e Angela Amin dão o tom ao debate em Florianópolis

Angela Albino (PCdoB), Elson Pereira (PSOL) e Murilo Flores (PSB) se apresentaram como alternativas

Críticas a Gean Loureiro e Angela Amin dão o tom ao debate em Florianópolis Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS
upiara boschi
upiara boschi

O tom de crítica entre os candidatos à prefeitura de Florianópolis aumentou no último debate antes do primeiro turno, realizado na noite desta quinta-feira pela RBSTV. À frente nas pesquisas, Gean Loureiro (PMDB) e Angela Amin (PP) trocaram críticas sem usar do embate direto, enquanto Angela Albino (PCdoB), Elson Pereira (PSOL) e Murilo Flores (PSB) buscaram se apresentar como alternativas.

Eleições 2016: Planejamento urbano dá o tom à campanha em Florianópolis

Segundos antes do início do debate, o mediador Mario Motta desejou sorte e competência aos postulantes, dando a largada para o início do encontro. 

Logo no primeiro bloco ficou clara a sintonia entre Angela Amin e Murilo, que se escolheriam para perguntas de respostas ao longo do encontro. Ambos tabelaram em questões sobre saúde, transporte coletivo e também em uma crítica velada a Gean Loureiro. A pepista perguntou como Murilo avaliava que um candidato apresentasse como suas as obras realizadas em gestões em que foi secretário – sem citar o nome do peemedebista, que apresenta obras do governo Dário Berger (PMDB) como cartão de visitas no horário eleitoral. Murilo disse que coordenou a maior parte das obras do governo do Estado quando secretário de Planejamento. Gean chegou a pedir direito de resposta, não concedido pela produção por ausência de ofensa pessoal.

"Disputar com um partido de estrutura modesta é um desafio gigantesco", diz Angela Albino
"O BRT é o que melhor se adequa para a situação de Florianópolis", diz Elson Pereira
"Com esse esforço que já houve, em um ano a gente consegue fazer um plano diretor", diz Murilo Flores

Em estratégia semelhante, Gean utilizou questionamentos a Angela Albino e Elson Pereira para criticar as gestões de Angela Amin como prefeita e a do atual prefeito Cesar Souza Junior (PSD), que apoia a pepista. Em pergunta à candidata comunista, lembrou a decisão tomada no governo da pepista de não autorizar a ligações de água e luz em imóveis sem escritura pública. 
Angela Albino e Elson Pereira enfatizaram que representam alternativa aos grupos que comandaram a cidade nos últimos 20 anos. Ambos não se confrontaram na disputa pelo voto de esquerda, como tem acontecido no horário eleitoral e nas redes sociais. Murilo bateu na tecla da necessidade de uma gestão técnica, despolitizando cargos e decisões.

Mais uma vez, a mobilidade urbana dominou o debate – como já acontecera nos encontros promovidos pela rádio CBN/Diário e pelo Diário Catarinense. Angela Amin defendeu a implantação do sistema integrado de transporte no final de seu segundo mandato e foi criticada pelos adversários, especialmente Gean, pelos terminais construídos na região continental e no Saco dos Limões, hoje desativados. 

"Hoje se nós perguntarmos ao cidadão onde é a prefeitura ele não sabe", diz Gean Loureiro
"Vamos valorizar o que foi feito e fazer acertos que se mostrarem necessários", diz Angela Amin

Coube ao candidato Elson Pereira trazer para o debate a Operação Ave de Rapina, que investigou supostos esquemas de corrupção no envolvendo vereadores, agentes públicos e empresários. Ao ser questionado por Angela Amin sobre como pretende conduzir a aprovação do plano diretor, o psolista disse esperar que a atual Câmara não aprove a proposta em discussão este ano por ter dez parlamentares denunciados pelo Ministério Público de Santa Catarina.

O plano diretor também foi mote para uma crítica de Murilo ao atual prefeito, com farpa à candidatura de Angela Amin. O pessebista disse que a condução do processo pelo governo Cesar Junior foi lamentável , lembrou que o PP apoia gestão e perguntou o que ela faria para consertá-lo. A pepista disse que o PSB de Murilo também apoiou a atual gestão. 

Leia mais notícias sobre as Eleições 2016

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros