Da eleição à presidência da Câmara a sessão de cassação do mandato: os últimos 18 meses de Eduardo Cunha - Economia - O Sol Diário

Linha do tempo12/09/2016 | 17h14Atualizada em 13/09/2016 | 00h05

Da eleição à presidência da Câmara a sessão de cassação do mandato: os últimos 18 meses de Eduardo Cunha

Futuro do político começará a ser decidido a partir das 19h

Da eleição à presidência da Câmara a sessão de cassação do mandato: os últimos 18 meses de Eduardo Cunha Dida Sampaio/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: Dida Sampaio / ESTADÃO CONTEÚDO

Eduardo Cunha foi considerado o presidente da Câmara mais poderoso das últimas décadas. Réu em duas ações decorrentes da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), afastado do mandato pela Corte e fragilizado pela renúncia à presidência da Câmara, Cunha vê sua antiga base se desmanchar. No fim da noite desta segunda-feira, a Câmara dos Deputados aprovou a cassação do mandato do peemedebista por 450 votos favoráveis, 10 contrários e 9 abstenções.

Entenda o que ocorreu desde que Cunha foi eleito presidente da Câmara:


Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioEm jogo ruim, Chapecoense perde fora de casa para o Grêmio https://t.co/FslMKlnufshá 4 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioIdosa de 75 anos morre após ser atropelada na BR-470, em Navegantes https://t.co/pNyJSDKdBshá 9 horas Retweet
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros