Lula pede à Justiça anulação de processo em que é réu por obstruir a Lava-Jato - Economia - O Sol Diário

Investigação06/09/2016 | 16h02Atualizada em 06/09/2016 | 16h02

Lula pede à Justiça anulação de processo em que é réu por obstruir a Lava-Jato

Ex-presidente afirma que não teve participação na suposta compra de silêncio do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró e indica nulidades no processo

Lula pede à Justiça anulação de processo em que é réu por obstruir a Lava-Jato Fernando Frazão / Agência Brasil/Agência Brasil
Lula afirma que não teve participação na compra do silêncio de Cerveró Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil / Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu, nesta terça-feira, à Justiça Federal no Distrito Federal, a anulação da ação penal em que é acusado pelo crime de obstrução das investigações da Operação Lava-Jato. Na resposta à acusação, por meio de seus advogados, Lula afirma que não teve participação na suposta compra de silêncio do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró e indica nulidades no processo.

Em julho, o juiz federal Ricardo Soares Leite, da 10ª Vara Federal no Distrito Federal, aceitou denúncia do Ministério Público Federal (MPF), e Lula e o ex-senador Delcídio Amaral passaram à condição de réus na ação penal, além do ex-controlador do Banco BTG André Esteves; Diogo Ferreira, ex-chefe de gabinete de Delcídio; o empresário José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai, e o advogado Edson Ribeiro.

Leia mais
Lula se recusa a falar a Moro sobre caixas de presentes do período da Presidência 
Tribunal de SP mantém com Moro denúncia contra Lula no caso triplex 
Receita retira isenção do Instituto Lula por "desvio de finalidade"

Na manifestação, a defesa de Lula sustenta que a delação de Delcídio Amaral é ilegal por não respeitar a regra de voluntariedade, prevista na Lei nº 12.850/2013, norma que definiu as regras de delação premiada. Além disso, os advogados argumentam que não há nenhum indício que aponte para suposta participação do ex-presidente.

"A imputação constante do aditamento à denúncia ao peticionário [Lula] configura projeção psíquica de hipóteses idiossincráticas verdadeiramente delirantes, existentes exclusivamente na imaginação punitiva dos agentes da persecução penal, cujo completo divórcio dos fatos concretos e da prova já arrecadada será demonstrado na instrução criminal", diz a defesa.

Todos os envolvidos são acusados de tentar impedir o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró de assinar acordo de delação premiada com a força-tarefa de investigadores da Operação Lava-Jato.

Leia as últimas notícias sobre a Operação Lava-Jato

*Agência Brasil

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioSC mantém liderança na produção de ostras, vieiras e mexilhões https://t.co/cG170FNLBKhá 5 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioDeslizamentos deixam 33 pessoas desaparecidas na China https://t.co/j3kcwfi7wLhá 6 horas Retweet
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros