A Blumenau de 2020 na visão dos candidatos a prefeito - Economia - O Sol Diário

Eleições 201629/10/2016 | 01h30

A Blumenau de 2020 na visão dos candidatos a prefeito

Entenda como será a cidade que os dois candidatos propõem entregar ao final do mandato

A batalha de 76 dias pelo comando da prefeitura de Blumenau nos próximos quatro anos chega ao fim neste domingo com a votação do segundo turno, disputado entre Jean Kuhlmann (PSD) e Napoleão Bernardes (PSDB). Foram dois meses e meio de discussões sobre problemas e avanços, propostas e aspirações de obras e melhorias para a cidade com população estimada pelo IBGE em 343 mil habitantes em 2016.

Nos planos de governo, há muitos pontos semelhantes – como uma ponte no Centro, novos terminais de ônibus e a segunda etapa das obras da Margem Esquerda – e outros divergentes – a exemplo da guarda municipal e de novos espaços para a saúde.
O Santa perguntou aos dois candidatos como será a Blumenau que eles pretendem entregar ao final da gestão caso recebam domingo nas urnas o respaldo da maioria do eleitorado para gerir o município de 2017 a 2020.

Se você ainda está em dúvida sobre em quem votar, confira nos mapas a seguir a cidade idealizada pelos concorrentes para ajudá-lo a tomar uma decisão.


Como será a Blumenau de 2020 que Jean Kuhlmann (PSD) pretende entregar:

 

1. Transporte coletivo
Segundo Kuhlmann, a cidade terá “ônibus decente, que passa no horário”. Para isso, aposta na nova licitação dividida em dois lotes, com empresas diferentes operando em cada um. Outro avanço será a construção de dois novos terminais, nos bairros Água Verde e Itoupava Central.

2. Creches
A intenção é diminuir o número de pessoas esperando por vagas, o que passaria pela reforma e ampliação de CEIs já existentes e construção de novas unidades, como as sete creches já encaminhadas pelo atual governo, e talvez outras.
– Vamos buscar mais, mas aí vai depender de recurso federal. Mas o importante é que vai ter menos criança esperando por vagas em creches – afirma.

3. Ponte do Centro
A execução da polêmica Ponte do Centro é uma das obras que o candidato pretende entregar ao final dos quatro anos. Conforme Kuhlmann, ele executará o primeiro projeto aprovado pelo BID, com a ponte ligando as ruas Rodolfo Frygang, no Centro, e Chile, na Ponta Aguda.

4. Obras de mobilidade
O prolongamento da Rua Humberto de Campos e a obra do Binário da Rua Amazonas com a Rua Hermann Huscher são outras duas obras ligadas à mobilidade urbana que Kuhlmann planeja concluir até 2020.

5. Margem Esquerda e passarela na Prainha
A segunda etapa das obras da Margem Esquerda, com urbanização, construção de calçadas e ciclovias e, segundo o candidato, com passarela e um circuito de caminhada ligando a Prainha à Rua Itajaí, no Vorstadt, são outras obras que se tornarão realidade em Blumenau até 2020.

6. Ciclovias e calçadas
Mais ciclovias e calçadas em outros pontos da cidade também são prometidas, de maneira genéria, por Jean durante a sua gestão.

7. Saúde
Na saúde, o candidato do PSD garante que já estará em funcionamento o pronto-socorro 24h na região Norte, junto ao local em que hoje fica o Hospital da Furb, na Fortaleza Alta.

8. Guarda Municipal
A Guarda Municipal com pelo menos 150 agentes, criada a partir da Guarda de Trânsito, também estará em pleno funcionamento em 2020.

 

Como será a Blumenau de 2020 que Napoleão Bernardes (PSDB) pretende entregar:

1. Marina pública
A construção de uma Marina Pública no rio Itajaí-Açu, em local em estudo pela Secretaria de Turismo, é uma das estratégias para alavancar o turismo. Ela seria executada por meio de parcerias público-privadas (PPPs), como ocorreu com o Eisenbahn Biergarten.

2. Centro de Convenções
A construção do Centro de Convenções na Vila Germânica também é dada como certa até 2020 após articulação com o governo do Estado.

3. Transporte coletivo
O novo sistema de transporte coletivo, que segundo os termos do novo edital e o discurso do candidato terá até 2020 toda a frota com no máximo três anos de circulação, é outro legado que Napoleão pretende repassar após quatro anos. Outros exemplos são os dois novos terminais, nos bairros Água Verde e Itoupava Central.

4. Obras de mobilidade
Na infraestrutura, o candidato prevê o prolongamento da Rua Humberto de Campos já concluído, obras avançadas e algumas entregues nos corredores Norte (região das Itoupavas), Leste (Ponta Aguda, com binário entre as ruas Chile e República Argentina) e Sul (que prevê ampliação de tráfego no Garcia). Esses corredores estão em fase final de projeto de engenharia.

5. Ponte do Centro
Até 2020, uma ponte na região central também deve estar concluída. O candidato só prefere não apontar ainda qual.
– É totalmente provável. Ambas estão no mesmo patamar, de integração dos projetos de engenharia. A gente depende da conclusão dos projetos para poder afirmar as datas.

6. Margem Esquerda
A Blumenau de 2020 do candidato Napoleão também terá mais espaços de lazer. Estão previstas a conclusão da segunda etapa da obra da Margem Esquerda, com urbanização, calçadas e ciclovias.

7. Parques
O candidato aponta a finalização da primeira etapa do Parque das Itoupavas e a construção de um novo parque na região do Garcia, cuja localização ainda está em análise.

8. Asfalto
Napoleão projeta uma cidade com asfalto novo em corredores de serviço, como Rua Bahia, Rua Estanislau Schaette e Rua João Pessoa. Os recursos viriam do Ministério das Cidades, órgão em que o município tem R$ 216 milhões de financiamento aprovado, mas recebeu  até hoje apenas R$ 10 milhões.

JORNAL DE SANTA CATARINA - Blumenau

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros