Entidades e cidadãos apontam as peças que faltam para compor o futuro de Blumenau - Economia - O Sol Diário

Eleições 201631/10/2016 | 00h28

Entidades e cidadãos apontam as peças que faltam para compor o futuro de Blumenau

Entidades e cidadãos apontam as peças que faltam para  compor o futuro de Blumenau Arte de Arivaldo Hermes/Agência RBS
Entidades, sindicatos e cidadãos apontam as peças que faltam no futuro de Blumenau Foto: Arte de Arivaldo Hermes / Agência RBS

Entidades empresariais, sindicais e cidadãos apontam o que esperam de Napoleão Bernardes, prefeito reeleito para os próximos quatro anos de mandato. Confira as apostas:

“Esperamos que consiga manter esse diálogo com os servidores, garantir o que já foi conquistado e ampliar não só para a classe mas para a sociedade como
 um todo.”

Sueli Adriano, coordenadora-geral do Sintraseb


“Dentro do que foi a proposta dele, principalmente na questão do transporte público, na saúde, mais agilidade nas obras, enfim, precisa juntar esses pontos e fazer a cidade que está no plano de governo.”

Helio Roberto Roncaglio, presidente da CDL


“Esperamos mais incetivos ao empreendedorismo em pontos como a desburocratização das licenças ambientais e a implementação do Fórum Municipal das Micro e Pequenas Empresas.”

Carlos Braga Mueller, presidente da Ampe


“A categoria sofre com falta de vagas na creche. Há mães trabalhadoras que chegaram a pedir demissão,  porque não tinham onde deixar o filho. Essa é uma situação na qual a solução passa pela criação de mais vagas.”

Vivian Kreutzfeld Bertoldi, diretora-presidente do Sintrafite


“Quero que a licitação do transporte coletivo saia logo, independentemente da empresa que ganhe, para melhorar a situação tanto de trabalhadores quanto da população.”

Pradelino Moreira da Silva, presidente do Sindetranscol


“Desejo que ele não espere o último ano de governo para botar a mão na massa. Que fale menos em gestão e faça mais.”

Isadora Paasch Heuer, leitora, em mensagem através do santa.com.br


“Queremos um prefeito que cumpra com o que prometeu e que entregue uma nova frota de ônibus.”

Lani Dickmann, leitora, em mensagem enviada pelo Facebook


“A ligação Velha-Garcia é um problema que nenhum candidato enfrenta. Blumenau só tem três ruas no Centro e muitos carros passam por ali só porque vão da Velha para o Garcia e vice-versa. Então temos que conseguir num tempo razoável cortar
esse caminho.”

Carlos Tavares D’Amaral, presidente da Acib


“Espero que ele tenha tempo para fazer o que prometeu. Que ele consiga tirar tempo para visitar cada canto da cidade que está abandonado.”

Ana Karina, leitora, em mensagem enviada pelo Facebook


Opinião: Clóvis Reis, colunista

Perspectivas são favoráveis

O segundo mandato do prefeito Napoleão Bernardes (PSDB) tem tudo para ser melhor que o primeiro por várias razões. O ápice da crise econômica passou, grandes obras como a ponte do Centro, a margem esquerda, o prolongamento da Humberto de Campos, entre outras, ficam prontas nos próximos anos, o prefeito tem mais experiência no exercício do cargo, as perspectivas políticas dele estimulam as realizações da gestão, a administração estreia com uma base política consolidada na Câmara de Vereadores e o vice-prefeito Mário Hildebrandt (PSB) parece mais sintonizado com o espírito de grupo da chapa vencedora.

A única questão que pode criar algum tipo de constrangimento político é o número de partidos que integraram a coligação vitoriosa e que certamente reclamam protagonismo na próxima gestão. Diferentemente do primeiro mandato, os novos aliados chegam ao governo com o respaldo dos próprios votos e a ocupação de cargos será uma questão delicada desde o primeiro momento. Respeitada a geografia das urnas, partidos como PP, PMDB e PSB devem ocupar quase a metade das vagas de primeiro escalão do novo governo.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros