Estudantes do IFC de Araquari decidem continuar com ocupação - Economia - O Sol Diário

Protesto24/10/2016 | 15h48Atualizada em 25/10/2016 | 10h48

Estudantes do IFC de Araquari decidem continuar com ocupação

As aulas desta terça-feira foram suspensas pela direção do instituto

Estudantes do IFC de Araquari decidem continuar com ocupação Alex Sander Magdyel/Agencia RBS
Ocupação dos estudantes iniciou na quarta-feira (19) Foto: Alex Sander Magdyel / Agencia RBS

Correção: Diferente do que esta reportagem informou até 8h10 do dia 25 de outubro de 2016, os estudantes marcaram uma atividade para manhã de terça-feira às margens da BR-280 e não da BR-101. A informação já foi corrigida no texto.

Numa assembleia com 182 votos favoráveis, 26 contrários e seis abstenções, os estudantes do campus do Instituto Federal Catarinense (IFC) de Araquari, Norte de Santa Catarina, decidiram continuar com a ocupação iniciada na última quarta-feira. Eles protestam contra a PEC 241 e a reforma do ensino médio. As aulas desta terça-feira foram suspensas pela direção.

Na votação que decidiu pela permanência dos alunos no campus, eles também conversaram sobre um apoio a greve dos servidores. Se confirmada, a greve terá apoio dos alunos que ocupam o campus.  

Leia as últimas notícias de Joinville e região

Os estudantes também marcaram uma atividade para manhã desta terça-feira às margens da BR-280 para conscientizar os motoristas sobre o movimento. Durante os últimos dias de ocupação, os alunos têm recebido movimentos sociais que têm realizado palestras e oficinas sobre diversos temas da sociedade.

— Estamos aprendendo as coisas de um jeito diferente, coisas que não imaginávamos aprender no Instituto. No sábado, tivemos sarau com músicas e poesias. Isso é algo que não aconteceria se não estivéssemos com a ocupação — conta a estudante Gabrieli Barbosa, que disse que os alunos estão se dividindo para manutenção do campus. Segundo ela, há comissões de limpeza, alimentação, comunicação e de oficinas, além de terem dois estudantes responsáveis pela autorização dos pais de alunos menores de idade que dormem no campus.

Gabrieli conta ainda que desde que aprovaram a entrada de servidores no campus, o apoio deles ao movimento dos estudantes aumentou.

Após a assembleia realizada nesta segunda-feira, a gestão do IFC se reuniu com um grupo que representa os estudantes e decidiu pela suspensão das aulas nesta terça-feira. Os gestores vão se reunir com os servidores pela manhã para falarem sobre o movimento. Não houve compromisso sobre suspensão de aulas na quarta-feira.

— A reunião servirá para passar os informes e ouvir os servidores. A ideia é iniciar uma discussão maior em relação ao movimento, escutar o que estão achando, se são favoráveis ou não. Pela tarde, haverá uma assembleia chamada pelo sindicato. Entre os temas da pauta do sindicato, há uma conversa sobre a greve dos servidores. Ao fim da tarde, combinamos uma nova reunião com os estudantes para falar sobre os próximos dias — disse Fernando José Braz, coordenador geral de ensino de graduação.

De acordo com a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), há pelo menos 1016 escolas ocupadas no Brasil.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Acordo 20/10/2016 | 14h03

Estudantes do IFC de Araquari aprovam entrada de servidores no campus

Ocupação em protesto à PEC 241 e à reforma do ensino médio deve seguir até segunda-feira

Resistência 19/10/2016 | 11h03

Campus do Instituto Federal de Araquari é ocupado por estudantes

Eles protestam contra PEC 241 e reforma do ensino médio. Aulas foram suspensas

Resistência 18/10/2016 | 11h07

Estudantes de Joinville convocam manifestações contra PEC 241 e reforma do ensino médio

Secundaristas e universitários vão às ruas em protesto às propostas do governo federal

Ocupação 17/10/2016 | 20h33

Estudantes ocupam campus do IFC em Rio do Sul  em protesto contra a PEC 241 e mudança no ensino médio

Unidade é a primeira a ser ocupada em Santa Catarina no movimento que começou em São Paulo e Paraná

Problema na divulgação 22/09/2016 | 17h17

Após divulgar versão errada de MP, MEC afirma que artes, educação física, filosofia e sociologia seguem obrigatórias no Ensino Médio

Texto divulgado inicialmente apontava que disciplinas seriam eletivas, dependendo da decisão de cada escola. MEC admitiu erro durante a noite

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros