Horário eleitoral recomeça no dia 11 em Blumenau - Economia - O Sol Diário

Eleições 201604/10/2016 | 21h52

Horário eleitoral recomeça no dia 11 em Blumenau

Candidatos vão dividir igualmente os blocos diários de 10 minutos

O horário eleitoral no rádio e na TV volta a ser exibido em Blumenau na próxima terça-feira. A definição ocorreu em uma reunião na tarde desta terça com os advogados dos candidatos que chegaram ao segundo turno, Napoleão Bernardes (PSDB) e Jean Kuhlmann (PSD), e a juíza eleitoral Quitéria Tamanini Vieira Péres.

No encontro foi confirmado também o acordo que prevê a redução no tempo de horário eleitoral. Em vez dos dois blocos diários de 20 minutos previstos pela lei eleitoral serão exibidos dois blocos de apenas 10 minutos — cinco para cada candidato. Não haverá exibições aos domingos. As inserções ao longo do dia que totalizam 70 minutos não terão alteração.

O acordo levou em conta o pedido das candidaturas que segundo os candidatos busca diminuir os custos e também não afastar o interesse do eleitor. Além dessas definições, a reunião retomou o compromisso dos candidatos com a campanha Blumenau Limpa e com as regras eleitorais que permanecem neste segundo turno.

Para o candidato Napoleão Bernardes (PSDB) o horário eleitoral é uma forma de chegar à maioria da população e a linha dos programas deve continuar dividida entre as ações feitas no primeiro mandato e as propostas idealizadas para um eventual segundo mandato.

— Vamos continuar prestando contas do mandato, demonstrando a conjuntura nacional desfavorável em que isso foi realizado, de forma propositiva, sem ataque e com respeito ao eleitor — afirma.

Para o candidato Jean Kuhlmann (PSD), o horário eleitoral do segundo turno deve manter a mesma linha do primeiro, com apresentação de ideias, gravações externas e espaço para a população falar. Ele acredita que no segundo turno o horário eleitoral tem mais importância na influência do eleitor do que no primeiro.

— Vamos aproveitar para aprofundar o debate das nossas propostas e mostrar as questões em que a cidade tem que melhorar — afirma.

Horário eleitoral

No primeiro turno:
- Os candidatos tinham dois blocos diários de 10 minutos em rádio e televisão.

- O tempo era definido conforme as coligações. Quem tinha o maior número de partidos na aliança acabava ficando com mais tempo no horário eleitoral.
 
No segundo turno:
- A lei permite dois blocos diários de 20 minutos.

- No caso de Blumenau, Jean Kuhlmann (PSD) e Napoleão Bernardes (PSDB) decidiram reduzir o horário eleitoral para dois blocos de 10 minutos.

- O tempo agora é dividido igualmente, sem influência das coligações

BLUMENAU - Blumenau

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros