"Persistente, dedicado e exigente", diz Cristiane sobre o noivo Jean Kuhlmann - Economia - O Sol Diário

Perfil29/10/2016 | 01h00

"Persistente, dedicado e exigente", diz Cristiane sobre o noivo Jean Kuhlmann

Noiva de Jean Kuhlmann, a empresária Cristiane fala do dia a dia e das características do parceiro

"Persistente, dedicado e exigente", diz Cristiane sobre o noivo Jean Kuhlmann Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS

Neste fim de semana, a coluna traz os perfis das companheiras dos nossos candidatos a prefeito. Papel importante na vida de cada um deles, elas falam sobre dia a dia, suas participações e expectativas. Cristiane Uhlmann (assim mesmo, sem “K”), noiva de Jean Kuhlmann, é natural de Rio do Sul, mas mora em Blumenau há muitos anos. É a filha mais velha dos empresários Paulo e Sueli Uhlmann, que residem atualmente em Taió. Ela tem dois irmãos: Paulinho e Franciane.

Formada em Química pela Furb, fez pós-graduação em Gestão Ambiental e hoje está se especializando em Direito Ambiental na Univali. Trabalha há 15 anos com consultoria ambiental e possui uma empresa que atua no segmento.

Aos 39 anos, é mãe de Isabela, filha do primeiro casamento,  que hoje pede muito por um irmãozinho. O casal deve oficializar ainda este ano a união. Confira a seguir outros planos pessoais e profissionais dela e as impressões sobre Jean.

-  Como conheceu o Jean?
Nos conhecemos por meio de um amigo em comum, que nos apresentou.

-  Como é a rotina de vocês?
Trabalhamos muito, mas sempre que podemos ficamos em casa, cozinhamos juntos, assistimos a seriados e curtimos nossa filha, a Isabela.

-  De que forma você lida com a correria da campanha? Você participa?
Claro, desde o início conheço e apoio os projetos do Jean. No caso da prefeitura, é mais que um projeto, é um sonho. Por isso, me divido entre as atividades de mãe, empresária e parceira do Jean.

- A sua participação é de suporte e bastidores ou você está presente em reuniões e definições?
Tento sempre estar presente, principalmente nos bastidores, acompanhando o Jean nas gravações e reuniões. Mas também faço o possível para estar ao lado dele nas agendas de eventos, porque acho importante ele ter esse apoio e, claro, porque é mais uma oportunidade de estarmos juntos.

- Você o ajuda na tomada de decisões?
Sim, sempre conversamos bastante e participo de todas as decisões importantes na vida dele, assim como ele participa das decisões na minha vida. Jean é uma pessoa muito generosa e faz questão de ouvir opiniões diferentes da dele antes de tomar uma decisão importante.

- O Jean leva trabalho ou discussões do trabalho para casa?
Ele sempre teve o hábito de trabalhar até muito tarde. Mas aproveito o tempo que ele está trabalhando para também resolver as pendências da minha empresa ou para ficar com Isabela. Então não tenho muito problema com o fato de ele levar os trabalhos para casa. O importante é sempre reservar um tempinho para gente. E não posso reclamar, apesar de trabalhar muito, ele é um marido e pai muito dedicado.

- Como é a personalidade dele no dia a dia?
Ele procura sempre demonstrar que está bem, que está disponível para todos os compromissos. Ele quer acompanhar a equipe na sinaleira às 6h, mas também quer estar nas reuniões da coordenação sempre muito tarde, quase de madrugada. Quem conhece bem ele, sabe que muitas vezes está cansado, esgotado, mas mesmo assim vai em frente. Acho que essa é uma característica que poucos percebem, a de superar o cansaço para se fazer sempre presente.

- Que característica o Jean tem que não vemos na campanha?
O Jean é um grande coração, um homem dedicado e comprometido com tudo o que faz. Exigente com as pessoas que o cercam e com ele mesmo. Acima de tudo valoriza e acredita no lado bom das pessoas. Para mim, a persistência e a coragem são suas principais características.

- Por que ele merece ser prefeito?
Porque ele ama esta cidade, porque acredita que Blumenau merece mais e porque se preparou muito para isso.

- Como você define o adversário do seu marido em uma palavra?
Jovem.

- Qual é o papel de uma primeira-dama? Na sua opinião, como esta função é vista hoje pela sociedade?
A primeira-dama deve apoiar o prefeito em suas atividades, levantando as bandeiras sociais e fortalecendo o olhar humano sobre as ações do poder público. Temos ótimos exemplos, como é o caso da Michelle Obama, que faz um trabalho inquestionável. Considero fundamental o papel da primeira- dama nas atividades de interesse social, especialmente aquelas que buscam acolher os que mais precisam do poder público.

- Quais seus planos pessoais e profissionais para os próximos quatro anos?
Quero continuar atuando com a minha empresa de consultoria ambiental, concluir minha pós-graduação e continuar estudando. Atualmente somos noivos e, ainda este ano, vamos oficializar nossa união.Também temos planos de aumentar a família. Jean quer muito ser pai e a Isabela sonha em ter um irmãozinho. Também pretendo atuar voluntariamente em atividades de interesse social de Blumenau.

 

Cristiane Uhlmann

- Hobby: gosto muito de cozinhar.
- Livro: A Cidade do Sol, de Khaled Hosseini.
- Filme: A Teoria de Tudo.
- Música: adoro música e sou bem eclética. Desde clássica, pop, rock nacional etc.
- Mania: levantar no meio da noite para olhar a Isa no quarto.
- Viagem inesquecível: Alemanha.
- Luxo: ter tempo para curtir minha
família.
- Lugar preferido em Blumenau: amo esta cidade e tem muitos lugares que eu adoro aqui, mas a Praça Hercílio Luz (Biergarten) eu acho linda.
- Frase: “Não ande apenas pelo caminho traçado, pois ele conduz somente até onde os outros já foram.” (Alexander Graham Bell).

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros