Reeleito, Napoleão iguala marca de Dário Berger ao vencer dois primeiros e segundos turnos consecutivos - Economia - O Sol Diário

Eleições 201631/10/2016 | 00h24

Reeleito, Napoleão iguala marca de Dário Berger ao vencer dois primeiros e segundos turnos consecutivos

Poucos políticos catarinenses atingiram essa marca em toda história

Com a vitória confirmada ontem, Napoleão Bernardes (PSDB) alcançou marcas que poucos políticos catarinenses atingiram quando se colocaram em disputa pelo comando de seus municípios. Igualou o feito de Dário Berger (PMDB) que venceu quatro turnos consecutivos nas eleições de 2004 e 2008 pela prefeitura de Florianópolis, único político a ganhar dois primeiros e dois segundos turnos seguidos desde que a Capital tem mais de 200 mil eleitores.

Ao também conquistar o quarto turno seguido, Napoleão supera nomes fortes da política catarinense que têm relação com o Vale do Itajaí, como Angela Amin (PP), indaialense que saiu derrotada do segundo turno das eleições em Florianópolis, e Luiz Henrique da Silveira (PMDB), falecido em 2015 e nascido em Blumenau.

Ambos venceram três turnos seguidos quando disputaram a prefeitura de Florianópolis e Joinville, respectivamente, nas eleições de 1996 e 2000. Napoleão ainda se distancia pela idade, já que alcança o quádruplo triunfo aos 34 anos, e com uma carreira política bem mais curta. Berger, por exemplo, tinha 51 anos quando venceu pela quarta vez consecutiva na Capital; Angela tinha 46 e LHS somava 60 quando faturou três turnos seguidos.

Tucano se lança como
 nome forte do partido


As urnas decretam novamente a superioridade do tucano em Blumenau, embora a vitória não tenha a elasticidade dos 76 mil votos de diferença contra Jean Kuhlmann (PSD) no segundo turno de 2012. A situação foi mais apertada, com 27 mil votos à frente do adversário —10 mil a mais do que fez no primeiro turno.

Assim, dos 36,4 mil votos que os outros candidatos receberam no primeiro turno deste ano, ao menos 20 mil se transformaram nas teclas 45.  Este feito o lança como nova liderança estadual do partido, talvez o nome para a disputa ao governo do Estado em 2018.




JORNAL DE SANTA CATARINA

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros