Chapecoense deve ser declarada campeã da Sul-Americana após pedido do Atlético Nacional - Economia - O Sol Diário

Legado 29/11/2016 | 19h57Atualizada em 29/11/2016 | 20h08

Chapecoense deve ser declarada campeã da Sul-Americana após pedido do Atlético Nacional

Presidente da Conmebol evita antecipar decisão, mas chama de louvável a atitude do clube colombiano que disputaria final contra os catarinenses

Chapecoense deve ser declarada campeã da Sul-Americana após pedido do Atlético Nacional Cristiano Estrela/Agencia RBS
Equipe de Chapecó garantiu vaga na final da Sul-americana após confronta os argentinos do San Lorenzo na semifinal Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
upiara boschi
upiara boschi

Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana. O sonho que tragédia impediu antes dos 180 minutos dos dois confrontos finais contra o Atlético Nacional, de Medellín, deve ser consumado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Foi o próprio rival colombiano na disputa que se antecipou e anunciou que faria à sugestão à entidade.

A decisão não é simples pela falta de precedente, mas deve ser construída nas próximas semanas. Ao desembarcar em Medellín, no final da tarde de ontem, o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, não quis antecipar a posição da entidade.

— A proposta do Nacional de Medellín é louvável, mas ainda não tivemos tempo de avaliar no Conselho da Conmebol — afirmou aos jornalistas que o entrevistaram no aeroporto.

O jornalista Martín Fernandez, do globoesporte.com, publicou no blog Bastidores FC, que a tendência é ao menos de fazer a divisão do título entre a equipe catarinense e a colombiana — o que garantiria à Chapecoense vagas na Copa Libertadores da América e na Recopa Sul-Americana de 2017. Um facilitador da operação, além da própria concordância da equipe colombiana, é o fato de que o Atlético Nacional já está classificado para ambos os torneios por ter vencido a última Libertadores.

O pedido do clube colombiano para que a Chapecoense seja considerada campeã da Sul-Americana teve como origem o próprio grupo de jogadores e foi manifestada ainda na manhã em seu site oficial. Em entrevista publicada pelo site do El País, da Espanha, o lateral-esquerdo Gilberto García externou a posição do elenco.

— Nós queremos que os declarem campeões. É nossa iniciativa e do mundo do futebol, esperamos que a Conmebol tome essa determinação. Queremos dar nosso apoio aos familiares, aproximar-nos deles e lhes dar um abraço. Pode ser pouco, mas também ajuda a aliviar a dor — afirmou.

O presidente do Atlético Nacional, Juan Carlos de la Cuesta, gravou uma mensagem em vídeo em solidariedade às famílias das vítimas do acidente e ratificou a decisão de pedir à Conmebol ¿a entrega deste título de forma honorífica por tudo que representa este clube (a Chapecoense) e o legado que deixou¿. 

Nas redes sociais, o clube prestou inúmeras homenagens ao rival catarinense. Uma das mensagens de maior destaque parabeniza os campeões que tiveram a trajetória interrompida pelo destino. ¿Nunca esqueceremos seu legado de campeão: obrigado por atrever-se a sonhar como os grandes. Isso é grandeza¿.


 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros