Pedro Machado: Teka será multada se não pagar funcionários em dia, decide Justiça - Economia - O Sol Diário

Economia29/11/2016 | 08h03

Pedro Machado: Teka será multada se não pagar funcionários em dia, decide Justiça

Pedro Machado: Teka será multada se não pagar funcionários em dia, decide Justiça Jandyr Nascimento/Agencia RBS
Foto: Jandyr Nascimento / Agencia RBS

A Justiça do Trabalho condenou a Teka a pagar os salários de seus funcionários até o quinto dia útil do mês seguinte. Na prática, o que já era uma obrigação trabalhista agora virou também um dever judicial sob pena de multa.

:: Leia mais informações de Pedro Machado

A decisão da juíza substituta Elaine Cristina Dias Ignácio Arena atende parcialmente pedido do sindicato dos trabalhadores têxteis (Sintrafite), que reclama de atrasos constantes, e vale a partir da data em que a ação coletiva foi ajuizada, em junho de 2015. Ao valor do pagamento serão acrescentados juros e correção monetária. Se descumprir a medida, a companhia poderá arcar com uma multa diária de R$ 100 por dia a cada trabalhador.

A decisão é de primeiro grau e a Teka ainda pode recorrer.

***

Na ação, o Sintrafite também reivindicou indenização por dano moral coletivo, pedido que foi negado pela juíza. Para a magistrada, não houve má-fé por parte da Teka nos atrasos do salários, já que as dificuldades financeiras da empresa são conhecidas. O sindicato avisou que vai recorrer.

Em nota enviada à coluna, a companhia alega que “não é novidade que se encontra em recuperação judicial”, o que justificaria a situação econômica delicada. Também garante que as obrigações do plano de recuperação vêm sendo cumpridas e que o pagamento dos salários nas datas exigidas pela lei já consta no planejamento econômico da empresa para 2017.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
  •                                
  •  
     
  •  
     
  •  
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros