Clóvis Reis: "Critério do voto deve basear também composição para a Mesa Diretora" - Economia - O Sol Diário

Opinião07/12/2016 | 08h03

Clóvis Reis: "Critério do voto deve basear também composição para a Mesa Diretora"

O prefeito Napoleão Bernardes (PSDB) reuniu ontem no gabinete o colegiado de presidentes de partidos da coligação que elegeram vereador para a próxima legislatura. No encontro eles discutiram os critérios para a formação da nova Mesa Diretora da Câmara de Blumenau. A exemplo da composição do secretariado, a distribuição dos cargos terá como referência o desempenho eleitoral, com a diferença de que neste caso PSDB e PSB não participam do rateio interno porque encabeçaram a chapa que venceu a eleição majoritária.

De acordo com essa regra, o PP levaria vantagem na negociação com os aliados, pois obteve o maior número de votos (16 mil), seguido pelo PMDB (12 mil), o DEM (11 mil) e o SD (4 mil). A conta explica as dificuldades para a construção do consenso entre os interessados, uma vez que a geografia das urnas se choca com o desenho da chapa considerada “oficial” na base de apoio, na qual Marcos da Rosa (DEM) figura como candidato a presidente e Zeca Bombeiro (SD) como primeiro secretário. A contradição dá asas ao desenho de articulações alternativas nos bastidores. Juntos, os partidos da coligação somam 10 das 15 cadeiras em plenário, contingente que por si mesmo estimula o ensaio de diferentes nominatas na corrida sucessória.

***

O vereador Almir Vieira (PP) nega que esteja em campanha para a presidência da Câmara de Blumenau, mas admite que se colocou à disposição, qualquer que seja a decisão do diretório:

— Se for a vontade do partido, estou pronto para compor, mas nada está definido ou acertado.

Já Marcelo Lanzarin (PMDB) repete que tem interesse na presidência.

***

Representantes do PSDB torceram o nariz para a declaração que o governador Raimundo Colombo (PSD) deu ontem durante a visita a Blumenau. Explicando as razões do apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), em 2014, o governador criticou o então candidato Aécio Neves (PSDB), em quem disse que não votaria por conhecê-lo e não gostar dele. A espetada alvoroçou o ninho tucano, até então cortejado para uma composição nas próximas eleições no Estado.

***

Na mesma ocasião, Raimundo Colombo fez um balanço das obras e serviços que o governo realiza em Blumenau. Segundo ele, os investimentos somam mais de R$ 1 bilhão, quantia de recursos sem comparação na história. Hoje, em Florianópolis, ele entrega ambulâncias para 26 municípios do Vale do Itajaí.

***

O atual presidente do PT de Blumenau, Eder Lima, não é candidato à reeleição, mas aliados próximos a ele negam a existência de consenso para a formação de uma chapa liderada pelo professor Valmor Schiochet. Segundo eles, a atual gestão saneou as contas do partido, razão pela qual deve encabeçar a composição de uma chapa própria. A eleição será em fevereiro.

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioConcórdia e Hercílio Luz ficam mais próximos do acesso à elite de SC https://t.co/KgVBHKWZmKhá 26 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioObras da Rodovia Jorge Lacerda param em Itajaí por falta de postes https://t.co/BROiv1tYiChá 7 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros