Custo de vida tem alta de 0,28% em Florianópolis no mês de novembro - Economia - O Sol Diário

Inflação07/12/2016 | 22h32Atualizada em 07/12/2016 | 23h35

Custo de vida tem alta de 0,28% em Florianópolis no mês de novembro

No acumulado de doze meses, índice registra alta de 7,38%

Custo de vida tem alta de 0,28% em Florianópolis no mês de novembro Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Preço dos alimentos cresceu apenas 0,07% no mês na capital catarinense Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

O custo de vida em Florianópolis subiu 0,28% em novembro, 0,37 ponto percentual a mais na comparação com outubro, quando foi registrada deflação de 0,09%. Em relação à novembro de 2015, houve crescimento de 0,48 ponto percentual. Divulgados nesta terça-feira pela Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (Acif), os dados são levantados pelo Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Udesc. A variação acumulada nos últimos 12 meses é de 7,38% e, de janeiro a novembro, de 6,50%.

Embora a vida em Florianópolis tenha ficado um pouco mais cara em novembro, a variação é pequena e confirma a tendência de desaceleração do custo que vem se mostrando desde agosto deste ano. Em janeiro e fevereiro, por exemplo, as variações foram bem maiores, de 1,21% e 1,10%. 

— Os alimentos são os principais responsáveis por esta desaceleração, que só não foi maior por conta da queda dos preços dos combustíveis não repassada ao consumidor final e pelo preço da energia elétrica — explica Hercílio Fernandes, administrador que coordena o levantamento.

Em novembro, foram justamente os combustíveis os maiores vilões, com alta de 5,04%. Isso puxou o crescimento de 1,40% no grupo de produtos não alimentares. Os serviços públicos tiveram incremento de 0,85% como consequência do aumento de 3,48% na tarifa de energia elétrica.

Já os alimentos cresceram apenas 0,07%. Dois subgrupos tiveram queda: hortifrutigranjeiros (-1,74%) e produtos de elaboração primária (-1,28%), principalmente leite, arroz e carne de primeira. Os industrializados registraram aumento de preços de 1,05%, puxado especialmente pelo leite condensado, café em pó e queijo mozarela.


 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioMais de 996 mil catarinenses podem sacar Pis/Pasep até julho de 2018 https://t.co/gwq3rNTtYdhá 4 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioBR-470 fecha para detonação de rochas nesta terça-feira https://t.co/EgCnIRtDhChá 44 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros