Pedro Machado: PIB de Blumenau cresce mais do que o de Joinville, Itajaí e Florianópolis em 2014 - Economia - O Sol Diário

Economia15/12/2016 | 07h02Atualizada em 15/12/2016 | 21h12

Pedro Machado: PIB de Blumenau cresce mais do que o de Joinville, Itajaí e Florianópolis em 2014

O Produto Interno Bruto (PIB) de Blumenau subiu 28,1% em 2014 frente ao ano anterior, atingindo a cifra de R$ 16,7 bilhões. É o segundo maior aumento entre as 10 principais economias de Santa Catarina, atrás apenas de Palhoça – que é justamente a 10ª e onde a geração de riquezas teve acréscimo de 31,4%.

:: Leia mais informações de Pedro Machado

Os números foram divulgados nesta quarta-feira pelo IBGE e representam o crescimento nominal, ou seja, sem a aplicação da inflação – o que, quando acontecer, diminuirá os índices. O dado pode soar antigo por ser de dois anos atrás, mas é o mais recente indicador de desempenho econômico dos municípios calculado pelo instituto.

O resultado surpreende porque é bem melhor do que as outras grandes cidades catarinenses. Em Joinville, líder do ranking, o aumento foi de 11,43%. Em Florianópolis, que assumiu a segunda colocação no lugar de Itajaí, de 15,72%. No município portuário, agora terceiro, o PIB cresceu 10,61%. Blumenau se manteve no quarto lugar.

Mais serviços, menos indústria

O IBGE confirma com números o que já se percebe na prática em Blumenau. A indústria da cidade cresce menos do que a média geral: o PIB do segmento avançou de R$ 3,78 bilhões, em 2013, para R$ 4,61 bilhões em 2014, expansão de 21,8% – indicador nominal, sem considerar a inflação.

O setor também tem fatia cada vez menor na soma de riquezas produzidas no município. Em 2013, representava 28,9% do PIB, índice que caiu para 27,5% no ano seguinte.

Por outro lado, a área de serviços vem ganhando cada vez mais espaço. O PIB
do setor inflou de R$ 6,03 bilhões para R$ 8,34 bilhões, 38,4% de crescimento nominal. A representatividade no bolo total passou de 46,1% para 49,8%.

Ou seja, Blumenau está deixando de ser uma cidade de fábricas, como num passado não muito distante, para se tornar cada vez menos dependentes de indústrias.

Freio em 2015

É pouco provável que esse aumento expressivo se mantenha quando novos dados do PIB forem divulgados. Em 2017 serão lançados os números referentes a 2015, ano em que a crise econômica apertou para valer. Não será surpresa, portanto, se a economia de Blumenau ficar estagnada ou declinar no próximo balanço.

***

O PIB per capita de Blumenau em 2014 foi de R$ 50,2 mil. Fica a frente de Joinville (R$ 44,3 mil) e Florianópolis (R$ 37,5 mil), mas atrás de Itajaí (R$ 84,9 mil).

JORNAL DE SANTA CATARINA

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCriciúma e Figueirense fazem o último jogo entre catarinenses no ano https://t.co/yWoy6F0hgjhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioZé Love deve ficar de fora, e Milton Cruz não dá sinal de escalação do Figueirense https://t.co/gQdMbThdAChá 12 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros