Jovair Arantes lança candidatura à presidência da Câmara dos Deputados - Economia - O Sol Diário

Disputa10/01/2017 | 18h58Atualizada em 10/01/2017 | 18h58

Jovair Arantes lança candidatura à presidência da Câmara dos Deputados

Em seu discurso, deputado disse que a Casa precisa de um presidente que tenha coragem para fazer muitas mudanças

Jovair Arantes lança candidatura à presidência da Câmara dos Deputados Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados / Divulgação/Divulgação
Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados / Divulgação / Divulgação
Agência Brasil
Agência Brasil

O líder do PTB na Câmara do Deputados, Jovair Arantes, lançou oficialmente, nesta terça-feira, sua candidatura à presidência da Casa. Em seu discurso, o deputado disse que a Câmara precisa de um presidente que tenha coragem para fazer muitas mudanças.

— Temos que dar transparência à administração. A sociedade tem que saber o que está acontecendo aqui. Nós temos que estabelecer horário de funcionamento dessa Casa, de acordo com que a sociedade possa entender. Chega de votações na madrugada — disse o deputado.

Leia mais
Rosso admite desistir da presidência da Câmara se não garantir apoios
Eleição na Câmara inclui brigas por cargos do governo e ameaça ao Centrão
Planalto isola ex-aliados de Cunha na briga pela Câmara

O candidato disse que, se eleito, irá atualizar o regimento para "mudar o perfil de administração da Casa". Jovair Arantes também defendeu em seu discurso que a Câmara precisa de mais protagonismo, e não pode ficar "tutelada pela Justiça". O deputado também afirmou que irá colocar as matérias que o governo federal considera importante para serem votadas "e, se possível, aprovadas".

Jovair Arantes é o segundo deputado a lançar candidatura à presidência da casa. Ontem, Rogério Rosso, líder do PSD, lançou sua campanha por meio de um vídeo no Facebook.

Eleição

A votação para os 11 cargos que compõem a Mesa Diretora que comandará os trabalhos da Câmara dos Deputados entre 2017 e 2019 será no dia 2 de fevereiro. Serão eleitos o presidente, dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes.

Para ser eleito, o candidato precisa de maioria absoluta dos votos em primeira votação ou ser o mais votado no segundo turno. A votação é secreta e realizada em cabines eletrônicas.

Leia as últimas notícias de Política

*Agência Brasil

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioContas inativas: SC tem 606 denúncias contra empresas com irregularidades no FGTS https://t.co/PTmW7hSszphá 43 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioClaudinei diz que Avaí precisa de "sorte e competência para finalizar"  https://t.co/CqArasfK89há 43 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros