Câmara de Blumenau abre legislatura com pautas polêmicas pela frente - Economia - O Sol Diário

Debates públicos02/02/2017 | 08h02

Câmara de Blumenau abre legislatura com pautas polêmicas pela frente

Plano Diretor, sede própria e regulamentação de ambulantes e do Uber devem pautar o parlamento

Câmara de Blumenau abre legislatura com pautas polêmicas pela frente Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS

Com clima de primeiro dia de aula, mas sem aquele frio na barriga, os legisladores recém-eleitos (ou reeleitos) da Câmara de Vereadores de Blumenau para a legislatura 2017-2020 têm uma série de desafios pela frente neste início de ano. Além de apresentar novos projetos e colocar em prática as promessas feitas durante a campanha eleitoral, os 15 parlamentares devem discutir temas polêmicos na pauta deste ano.

Já na primeira sessão, hoje, a partir das 15h, os vereadores vão decidir se acatam ou não o veto do Executivo sobre o Projeto de Lei Complementar 1577/2016, que aborda o sepultamento de animais domésticos em cemitérios públicos e particulares de Blumenau. Após ser aprovado pela legislatura anterior, o texto de autoria do ex-vereador Célio Dias (PR) não foi sancionado pelo Executivo.

Segundo o presidente da Câmara de Vereadores, Marcos da Rosa (DEM), o clima entre os vereadores é o melhor possível. O democrata avalia que como todos os vereadores têm bandeiras específicas é natural que, com o tempo, surjam reivindicações e futuros debates na bancada.

– O que a gente vai sempre fazer em relação aos assuntos mais polêmicos é debater. Dar a oportunidade da população participar, se inteirar, ir para a Câmara e fazer audiência pública. Essa legislatura vai ser marcada por essa facilidade, de levar os assuntos ao debate, de não podar o vereador na sua iniciativa. Acho que todos merecem o respeito de trazer as suas ideias mesmo que não sejam aceitas por todos – adianta Rosa.

De acordo com ele, já há conversas nos bastidores sobre uma possível mudança no horário das sessões da Câmara, para possibilitar a participação da população.

O que será discutido
Entre os tópicos a serem debatidos em 2017 estão o Plano Diretor de Blumenau, o Plano Plurianual (PPA), a regulamentação de vendedores ambulantes e também do serviço alternativo de transporte, o Uber. Outro ponto que volta a ser tema entre os legisladores é a sede da Câmara:

– É assunto importante e que vai pegar, sim. Há consenso entre vereadores de que o valor pago em aluguel é um dinheiro que não volta. Precisamos e queremos fazer uma Câmara mais econômica, com mais qualidade e que tenha a participação ativa da sociedade. Queremos uma obra que custe o que custa para a iniciativa privada, pois se tem a ideia de que se gasta o dobro com as obras públicas – finaliza o presidente.

As sessões ordinárias ocorrem às terças e quintas-feiras às 15h e são transmitidas ao vivo pela TVL, canais 14 da NET, 19 da BTV e pelo site da Câmara: camarablu.sc.gov.br/tvl-online.

JORNAL DE SANTA CATARINA - Blumenau

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioSTJ autoriza prisão domiciliar para mulher de Sérgio Cabral https://t.co/jBFzczvW0shá 53 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioSemelhanças e diferenças nos projetos sobre terceirização https://t.co/Ktky4BxPo9há 2 horas Retweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros