Heineken compra a Brasil Kirin - Economia - O Sol Diário

Negócios13/02/2017 | 09h31Atualizada em 13/02/2017 | 11h37

Heineken compra a Brasil Kirin

Entre os produtos que passa a fazer parte do grupo holandês está a cerveja Eisenbahn, criada em Blumenau

Heineken compra a Brasil Kirin Reprodução/Heineken
Foto: Reprodução / Heineken
AFP
AFP

O grupo japonês de bebidas Kirin Holdings anunciou nesta segunda-feira um acordo para vender sua filial no Brasil à cervejaria holandesa Heineken por 660 milhões de euros (700 milhões de dólares).

"Levando em conta os riscos associados à economia brasileira e a situação da concorrência em um mercado estancado, a Kirin chegou à conclusão de que seria difícil transformar o Brasil Kirin em uma atividade rentável", explicou a companhia em um comunicado.

Portanto, venderá a totalidade de sua participação na Kirin Brasil ao grupo Bavaria, proprietário da Heineken, pelo equivalente a 2,2 bilhões de reais (700 milhões de dólares).

A Kirin chegou ao Brasil em 2011 mediante a compra da segunda cervejeira local, Schincariol, por 2,65 bilhões de dólares. Mas os problemas econômicos endureceram a concorrência no Brasil, terceiro mercado mundial da cerveja, atrás de China e Estados Unidos.

Dentro do grupo Kirin está a cerveja Eisenbahn, fundada em Blumenau e depois vendida para a Schin, posteriormente comprada pelo grupo japonês.

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioHospital de Braço do Norte recebeu oito vítimas de incêndio em hotel https://t.co/pOOvQ0u4YNhá 9 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioClaudinei responde a Marquinhos: "Ele sabe onde é a minha sala" https://t.co/PaAXW3W9Bbhá 40 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros