Mais eficiente, Criciúma derrota o JEC - Economia - O Sol Diário

Futebol05/02/2017 | 19h06

Mais eficiente, Criciúma derrota o JEC

Clássico no Estádio Heriberto Hülse contou com gol solitário de Jheimy, no primeiro tempo

Mais eficiente, Criciúma derrota o JEC Caio Marcelo/especial
Gol foi marcado pelo camisa 9 do Tigre Foto: Caio Marcelo / especial

O Criciúma mostrou melhor eficiência do que o Joinville no clássico Norte/Sul deste domingo, no Estádio Heriberto Hulse. O JEC até teve mais oportunidades e finalizações em comparação ao Tigre, mas foi o gol marcado por Jheimy, aos 28 minutos do primeiro tempo, que definiu o placar de 1 a 0 para os donos da casa.

O resultado recoloca o Criciúma na briga pelo titulo do turno. A equipe agora soma seis pontos em três rodadas. O Joinville, em compensação, continua seu jejum no Campeonato Catarinense: em três partidas, dois empates, uma derrota e nenhuma vitória.

Na próxima rodada, o Criciúma vai a Lages, onde irá encarar o Inter, quinta, às 20h30. Já o JEC joga antes, na quarta, às 21h45, na Arena, diante do Metropolitano.

O jogo

Apesar de ser o visitante, foi o Joinville que apareceu mais vezes no ataque. No primeiro tempo, Fabinho Alves deu trabalho à defesa do Tigre. Aos 12 minutos, ele cruzou e Alex Ruan ganhou de Maicon Silva, mas finalizou para fora. Fabinho Alves ainda teve boa chance aos 18 minutos, mas demorou a finalizar.

O JEC ainda chegou em chutes de longa distância de Alex Ruan, aos 19 minutos, e Fernandinho, aos 23. O Tigre, em compensação, quando apareceu marcou.

Aos 28, Diego Giaretta arriscou, a bola desviou em Roberto e sobrou livre para Jheimy finalizar na saída de Jhonatan: 1 a 0.

Aos 41 minutos, Douglas Moreira quase ampliou em tiro de fora da área que teve desvio em Max e quase encobriu Jhonatan.

No segundo tempo, o técnico Fabinho Santos, do JEC, lançou Brenno para buscar o empate. O domínio continuou sendo do JEC, mas a bola teimava em não entrar.

Lúcio Flávio, aos três e 11 minutos, e Breno, aos nove tiveram chances claras de frente para o gol, mas finalizaram mal.

O Criciúma conseguiu equilibrar o confronto a partir da metade do segundo tempo. João Henrique num belo sem pulo quase ampliou e Jheimy, aos 43, chutou cruzado para fora.

O Joinville ainda tentou a ultima pressão no fim, mas o resultado não se alterou para a festa dos torcedores do Criciúma.

A NOTÍCIA

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioVinte e oito anos após sua morte, Salvador Dalí sai do túmulo com bigode intacto https://t.co/1vV7wCI04thá 4 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioDaiana Torquato e Laélcio Queiroz vão em busca do nocaute no maior evento de kickboxing do Brasil https://t.co/qiP4PGEaQlhá 4 minutosRetweet
O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros