Bolsa de valores volta a operar após registrar queda de 10% - Economia - O Sol Diário

Instabilidade18/05/2017 | 10h34Atualizada em 18/05/2017 | 13h34

Bolsa de valores volta a operar após registrar queda de 10%

Pela primeira vez desde 2008, instituição aciona o mecanismo circuit breaker, que suspende negociações em casos de grandes oscilações

Estadão Conteúdo e Giane Guerra

giane.guerra@rdgaucha.com.br

A bolsa de valores de São Paulo retomou as negociações depois de uma interrupção de 20 minutos por ter registrado uma queda de 10%. Em razão da crise polícia desencadeada com a revelação da delação da JBS, o índice ainda apresenta forte baixa: às 11h, era de 8,72%. 

Caso o indicador atinja uma queda de 15%, a bolsa fará nova suspensão nos negócios. É o circuit breaker, um mecanismo que interrompe as transações em casos de grandes oscilações. É a primeira vez desde 2008, com a crise internacional provocada pela bolha imobiliária, que essa ferramenta é acionada. 

A crise fez o dólar subir. A moeda americana abriu com alta de 5,63%, sendo vendida a R$ 3,3235, e o mercado futuro parou as negociações. 

Leia mais
Marta Sfredo: a  reação é prenúncio de novo capítulo da crise
Giane Guerra: Banco Central está a postos para intervir no mercado
BC e Tesouro dizem que estão monitorando impacto do noticiário político

Entenda o circuit breaker

- Se ações caírem mais de 10%, as negociações param por 20 minutos

- Se voltar e cair até 15%, para por mais uma hora

- Caso na volta a queda prossiga até 20%, bolsa suspende por um prazo a ser determinado

Leia as últimas notícias sobre a delação da JBS

*Rádio Gaúcha e Estado de S.Paulo

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioRoberto Alves: Maurinho foi determinante para a vitória do Avaí https://t.co/P9jjTae91Chá 4 horas Retweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioAvaí homenageia Marquinhos pela artilharia da Ressacada https://t.co/DyN0IU73KBhá 4 horas Retweet
O Sol Diário
Busca